Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Temos de ser fortes

José Mourinho, técnico do Chelsea, abordou, em declarações ao jornal ‘Sunday Mirror’, os recentes atentados terroristas que assolaram Londres.
25 de Julho de 2005 às 00:00
Mourinho está ao lado dos londrinos: 'Temos de seguir em frente'
Mourinho está ao lado dos londrinos: 'Temos de seguir em frente' FOTO: Matthias S. Chraeder (EPA)
Apesar das “preocupações”, nem por isso o treinador português está disposto a entrar no jogo do terror. Bem pelo contrário. “Repito o que toda a gente disse depois dos primeiros ataques: não podemos mudar a nossa forma de vida”, disse Mourinho, apelando à resistência dos populares.
“Temos de ser fortes e seguir em frente”, sustentou, recordando as muitas mensagens recebidas nos dias seguintes aos atentados na capital inglesa. “Isso preocupa-me, por mim e pelos londrinos, uma vez que já me sinto um deles”, adiantou o técnico do momento, “naturalmente preocupado” até porque vive com a sua família em Londres.
As declarações de Mourinho foram proferidas a partir dos EUA, onde o Chelsea se encontra em digressão.
Entretanto, Alex Ferguson, em nome do United, revelou-se determinado em conquistar o título inglês. “Este clube está habituado a desafios. Sempre os tivemos pela frente, enfrentámo-los e ultrapassámo-los. O Chelsea fez uma época invulgar e acho que vão ter dificuldades em repeti-la”, considerou.
“Não há dúvidas que nos últimos três anos o nível da liga subiu. O Arsenal fez uma época sem perder e depois o Chelsea fez outra com apenas uma derrota. Mas este clube está preparado para os defrontar. A fasquia pode estar mais alta, mas não há nada entre nós e o Chelsea. Desta vez vamos estar preparados para os enfrentar”, garantiu.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)