Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Temperatura baixa deixa jogo do Benfica em risco

O encontro de amanhã entre o Zenit e o Benfica (17h00, RTP 1), para os ‘oitavos’ da Liga dos Campeões, corre o risco de ser adiado devido ao frio intenso que se faz sentir em São Petersburgo, na Rússia.

14 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Jorge Jesus e Bruno César à chegada a São Petersburgo
Jorge Jesus e Bruno César à chegada a São Petersburgo FOTO: Pedro Simões/Record

Henrique Jones, membro do comité médico da UEFA, disse ontem ao CM que com temperaturas abaixo dos 15 graus negativos, o organismo que gere o futebol europeu só aceita que o jogo se realize se as duas equipas estiverem de acordo. "É essa a recomendação feita aos delegados dos jogos. Mas o árbitro também tem autoridade para não realizar o encontro caso ele entenda que não existam condições", frisou.

O médico da selecção nacional advertiu ainda que as baixas temperaturas comportam determinados riscos, casos de lesões musculares e traumáticas: "Os músculos têm de estar bem preparados. As dificuldades respiratórias são maiores e a fadiga instala-se mais rapidamente."

Apesar de o Zenit ter anunciado no site do clube que o relvado do estádio Petrovsky "satisfaz completamente" a UEFA, o organismo explicou à Lusa que "ainda é muito cedo" para tomar uma decisão definitiva. "A UEFA continua atenta à situação. Mantêm-se em avaliação as temperaturas e as condições do relvado", acrescentou a mesma fonte.

Shirokov, médio do Zenit, também admitiu a possibilidade de a partida não se realizar: "Se o termómetro registar 17 graus negativos, de certeza que será cancelada."

Para hoje está prevista uma reunião entre o Zenit, o Benfica e o árbitro sueco Jonas Eriksson, onde poderá ser tomada a decisão final.

Segundo apurou o CM, os dirigentes do Zenit já avisaram a UEFA que as previsões apontam para entre -7 e -12 graus à hora do jogo.

Se o encontro for adiado, deverá realizar-se na próxima semana em Moscovo.

"FAZ MUITO FRIO À NOITE"

José Couceiro, treinador dos russos do Lokomotiv Moscovo, deixou um aviso ao Benfica para a influência que as más condições climatéricas poderão ter no jogo da Champions.

"Com temperaturas destas [abaixo dos 10 graus negativos], nem deveria haver jogo. Chegando à noite, vai fazer muito frio. Se nevar, as condições do campo vão ser diferentes e o futebol pode não ser aquele que agradaria ao Benfica. Terá de ser um jogo mais directo", afirmou o treinador português, de 49 anos.

"Se o Benfica conseguir ultrapassar estas contrariedades, tem condições para fazer um bom resultado. Mas atenção, que o Zenit que defrontou o FC Porto não foi o melhor Zenit", alertou José Couceiro.

MAXI E DJALÓ CONVOCADOS

Maxi Pereira e Djaló regressaram aos convocados do Benfica para o jogo com os russos do Zenit, da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, do qual estará ausente Javi García, por lesão.

O defesa Maxi Pereira regressa depois de ter cumprido um jogo de castigo na partida frente ao Nacional (4-1), enquanto Djaló, de 25 anos, foi também chamado para a viagem à Rússia depois de ter ficado de fora frente aos insulares por opção técnica.

Convocados: Artur, Eduardo e Mika (guarda-redes); Maxi, Luisão, Jardel, Garay, Capdevila, Miguel Vítor e Emerson (defesas); André Almeida, Matic, Witsel, B. César, Aimar, Gaitán e Nolito (médios); Cardozo, Rodrigo, Nélson Oliveira, Djaló e Saviola (avançados).

LIGA DOS CAMPEÕES BENFICA ZENIT CHAMPIONS FRIO JOGO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)