Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

TIAGO JÁ É DO CHELSEA

A ‘novela’ Tiago chegou finalmente ao fim com o médio a assinar um contrato com o Chelsea válido para as próximas quatro épocas ao final do dia de ontem. Após muitos avanços e recuos nos últimos dias e após ‘duras’ negociações o entendimento entre o Benfica e o clube de Abramovich foi possível.
21 de Julho de 2004 às 00:00
Os cofres ‘encarnados’ ‘encaixam’ no imediato dez milhões de euros (cerca de dois milhões de contos), podendo no final da época chegar à Luz mais dois milhões (400 mil contos), em função do número de jogos que o médio realizar com a camisola do clube inglês.
Além disso, os ‘encarnados’ ficam com opção sobre um jogador da lista de dispensas do Chelsea, que será elaborada por José Mourinho após o estágio dos ingleses nos Estados Unidos.
Apesar do final feliz, ainda ontem o negócio esteve perto de ficar inviabilizado. Face a alguma intransigência ‘encarnada’, as duas partes chegaram mesmo a suspender as negociações ao início da tarde, quando José Veiga, vice-presidente do Benfica, disse mesmo que o clube da Luz “não pode passar por parvo”. No entanto, já ao final do dia foram retomados os contactos entre os clubes e o acordo foi finalmente possível. No seu ‘site’ oficial, o Benfica confirmou ao início da noite a desvinculação de Tiago e a transferência do médio para o Chelsea.
RICARDO ROCHA
Ainda no plano das transferências, José Veiga disse ontem, à Antena 1, que a proposta apresentada pela Real Sociedad para garantir o concurso de Ricardo Rocha é “ridícula”. “Os espanhóis devem pensar que o Ricardo é um júnior quando nos oferecem um milhão de euros. Trata-se de um jogador que tem mais três anos de contrato e temos todo o interesse que continue entre nós. O Benfica não está em saldos”, frisou .
VINDA DE ADANI DIFÍCIL
No que aos reforços diz respeito, o futuro do defesa Adani pode afinal passar pelo Inter de Milão. O jogador é pretendido pelo Benfica, mas tem faltado o acordo para a rescisão de contrato entre Adani e o clube ‘transalpino’, que lhe deve cerca de 400 mil euros. Esta questão tem inviabilizado o ingresso do italiano na Luz e, por isso, o empresário do atleta, Paolo Conti, revelou ontem que os ‘encarnados’ não estão dispostos a esperar muito mais. “O tempo não joga a favor do negócio. O Benfica não quer esperar muito mais tempo, uma vez que pretende contratar um defesa-central rapidamente. Quando o Inter tomar uma decisão já pode ser tarde”, explicou Conti.
PRESIDENTE LESIONADO
O jogo era de festa e colocava frente-a-frente os jornalistas que acompanham o estágio do Benfica na Suíça e o ‘staff’ do clube, na véspera do confronto com o Marselha (20h00, TVI).
Mas logo nos primeiros minutos de jogo surgiu uma lesão. Luís Filipe Vieira lesionou-se sozinho e teve de abandonar mais cedo o relvado, amparado por alguns elementos da equipa. Um dia azarado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)