Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Tribunal de Paris rejeita apelo da Ferrari

O Tribunal de Grande Instância de Paris rejeitou esta quarta-feira o requerimento da Ferrari e validou o regulamento do campeonato do Mundo de Fórmula 1 para 2010 proposto pela Federação Internacional do Automóvel (FIA). Este regulamento de limitação dos custos pode levar a marca da cavalinho a abandonar a Fórmula 1 no próximo ano.
20 de Maio de 2009 às 15:02
Tribunal de Paris rejeita apelo da Ferrari
Tribunal de Paris rejeita apelo da Ferrari

A FIA alega que só com uma redução de custos é que a modalidade poderá manter-se, tendo elaborado um novo regulamento em que apenas as equipas que respeitarem o orçamento podem beneficiar de evoluções técnicas nos seus monolugares.

A Ferrari, que encabeçou o grupo de equipas que se opõem ao novo regulamento, recorreu ao tribunal parisiense para tentar travar as pretensões da FIA. Em causa está a imposição de um tecto orçamental de 45 milhões de euros (excluindo salários dos pilotos e outras despesas com publicidade), sendo que, em contrapartida, as equipas poderão dispor de vantagens técnicas, como os "ailerons" ajustáveis, e não terão limite para a utilização de motores.

Ver comentários