Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Trio sérvio põe águias em lágrimas

O fantasma de Cardozo pairou na Luz, tantas foram as oportunidades desperdiçadas por Lima e companhia; Maxi ofereceu golo ao Gil Vicente, mas Markovic salvou-o
26 de Agosto de 2013 às 01:00
Jorge Jesus festeja o 2.º golo
Jorge Jesus festeja o 2.º golo FOTO: Miguel Barreira

Dois golos marcados em período de descontos, por Markovic e Lima, salvaram o Benfica da derrota, no primeiro jogo oficial realizado diante do seu público. Num final de tarde que o próprio Jorge Jesus previra ser de grande ansiedade para os seus jogadores, consequência direta da derrota sofrida na primeira jornada, diante do Marítimo (1-2), Jesus apostou na velha fórmula, colocando em campo um único reforço, o lateral-esquerdo Cortez. De resto, caras já conhecidas dos seus adeptos, com Enzo Pérez a regressar ao meio-campo, relegando Ruben Amorim para o banco, e Salvio na direita, por troca com o sérvio Djuricic.

Cedo se confirmaram os receios do treinador dos encarnados, pois, longe de ser uma equipa mandona, o Benfica entrou sem colocar intensidade no seu jogo. A equipa tinha a posse de bola, o Gil Vicente mal saía do seu meio-campo, mas a previsibilidade e a lentidão com que as águias atuavam não colocavam grandes problemas ao guarda-redes Adriano. Quando as oportunidades surgiram, com elas veio também o ‘fantasma’ de Cardozo. Inacreditável o número de vezes em que Lima desperdiçou, para desespero de Jesus, ontem colocado num verdadeiro teste de popularidade perante mais de 30 mil adeptos, que ainda não esqueceram a sequência de maus resultados que perdura desde a ponta final do último campeonato.

O início da segunda parte nada trouxe de novo, e o técnico decidiu arriscar. Matou as substituições, com a aposta no trio sérvio Markovic, Djuricic e Sulejmani, para desespero de Gaitán, um dos substituídos, a quem só faltou arrancar os cabelos. Aos 69’, balde de água fria: Maxi ‘oferece’ o golo a Diogo Viana e o Gil fecha-se ainda mais. Mas a classe de Markovic, a passe de Djuricic, e a persistência de Lima, assistido por Sulejmani, operaram o milagre.

benfica águias jorge jesus gil vicente vitória estádio da luz
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)