Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Triunfo com vista para a UEFA

O Sp. Braga derrotou ontem o Nacional da Madeira, por 1-0, e consolidou praticamente a presença nas competições europeias, em partida que inaugurou a jornada 29 da Liga portuguesa de futebol.
1 de Abril de 2006 às 00:00
Entrou melhor na partida o Nacional da Madeira, com duas situações de perigo nos primeiros três minutos. Os bracarense só conseguiram incomodar pela primeira vez os forasteiros aos onze minutos, após a marcação de um livre directo. No entanto, um minuto volvido, na melhor jogada da primeira parte, os pupilos de Jesualdo Ferreira inauguraram o marcador. Rossato lançou Vandinho pelo lado esquerdo e num cruzamento teleguiado levou a bola à cabeça de Delibasic, que a endereçou para o fundo a baliza.
O Nacional bem tentou reagir, mas o seu jogo foi, até à passagem a meia hora, bastante mastigado. Só a partir daí, com a entrada de Chilikov para o lugar de Marchand, é que a partida começou a ganhar qualidade e tornou-se mais aberta, com diversas situações de golo em ambas as balizas.
Na etapa complementar, o Nacional voltou a entrar melhor, com dois remates perigosos de Chilikov, que esteve bastante activo. Só aos 70 minutos, o Braga conseguiu equilibrar a partida e, aos 71’, podia ter ampliado a vantagem, quando Cândido Costa se isolou e permitiu a defesa a Hilário.
A lesão de Kim deixou o Braga debilitado no ataque, com Wender a ser o jogador mais adiantado. Aliás, foi Wender quem sofreu a falta que levou à expulsão de Juliano. E, na marcação do livre, à entrada da área, Rossato rematou fortíssimo – e com estrondo – ao poste da baliza de Hilário. No duelo pelas competições europeias, foram os bracarenses a sorrir.
FICHA DO JOGO
Local: Estádio Municipal de Braga (10.000 espectadores)
Árbitro: Jorge Sousa (Porto)
SPORTING DE BRAGA: Paulo Santos, Pedro Costa, Nem, Wellington, Rossato, Madrid (Sidney, 85m) Frechaut, Vandinho, Kim (Carlos Fernandes, 80m), Delibasic (Cândido Costa, 60m) e Wender. Treinador: Jesualdo Ferreira.
NACIONAL: Hilário, Ricardo Fernandes, Ávalos, Fernando Cardozo (Baiano, 46m), Cléber, Marchant (Chilikov, 31m), Bruno (Patacas, 63m), Alonso, Miguelito, Alexandre Goulart e Juliano. Treinador: Manuel Machado.
Marcador: 1-0, Delibasic (13m)
Acção disciplinar: Amarelos - Fernando Cardozo (35m), Bruno (37m), Wender (84m), Nem (87m), Frechaut (92m) e Alonso (93m). Vermelho directo para Juliano (84m).
Melhor jogador: Madrid
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)