Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Ucrânia arrisca perder jogo contra Portugal na secretaria

Avançado nascido no Brasil poderá não ter cumprido todos os critérios da FIFA para jogar como naturalizado.
26 de Março de 2019 às 12:00
Rafa em ação no jogo Portugal - Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia no Estádio da Luz
Rafa em ação no jogo Portugal - Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia no Estádio da Luz
Rafa em ação no jogo Portugal - Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia
Portugal defronta Ucrânia no Estádio da Luz
A Ucrânia poderá ter utilizado irregularmente Júnior Moraes frente a Portugal, no encontro que terminou empatado a zero no Estádio da Luz. O avançado nascido no Brasil mas naturalizado ucraniano, poderá não ter cumprido todos critérios da FIFA para jogar como naturalizado, havendo dúvidas se terá cumprido a imposição de ter cinco anos ininterruptos de vida no país, depois de ter cumprido 18 anos. 

Segunda-feira, a Ucrânia venceu (2-1) o Luxemburgo, na 2ª jornada na qualificação para o Campeonato da Europa 2020, e é líder isolada do Grupo B.  Os luxemburgueses também levantam esta questão.

A jogar em casa, o Luxemburgo entrou melhor na partida, com um golo de David Turpel, aos 34’. A vantagem não durou muito tempo e, seis minutos depois, Viktor Tsygankov estabeleceu de novo o empate que permaneceu durante quase toda a partida, até que, aos 90’+3, Gerson Rodrigues (natural de Lisboa) fez o autogolo que sentenciou por completo a possibilidade do Luxemburgo pontuar e ‘ofereceu’ os três pontos à congénere de leste.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)