Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Última etapa não será cronometrada

A organização do rali Lisboa-Dacar decidiu que a última especial da prova, na distância de 31 quilómetros, a cumprir este domingo, não será cronometrada devido às mortes de duas crianças nas duas últimas etapas.
15 de Janeiro de 2006 às 01:25
Com base nesta decisão, os vencedores virtuais do rali são o francês Luc Alphand (Mitsubishi) nos carros e o espanhol Marc Coma (KTM) nas motos, com a equipa russa formada por Chagin, Yakubov e Savostin (Kamaz) a impor-se nos camiões.
Quanto aos melhores pilotos portugueses são Carlos Sousa (Nissan), na sétima posição nos carros, e Hélder Rodrigues (Yamaha), que ocupa o nono lugar na classificação das motos.
Recorde-se que a 15.ª etapa do Lisboa-Dacar, da consagração, a ser disputada com partida e chegada a Dacar, na distância de 110 quilómetros, deveria ter 31 quilómetros cronometrados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)