Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

“Um dia muito triste para mim”

Durou pouco a alegria de Óscar Cardozo após ter contribuído com duas assistências para a vitória do Benfica em Vila do Conde (2-1), que garantiu a passagem às meias-finais da Taça da Liga. O paraguaio ficou, ontem, a saber que o seu companheiro da selecção paraguaia e estrela do América, do México, tinha levado um tiro na cabeça, estando em risco de vida.
26 de Janeiro de 2010 às 00:30
Cardozo é amigo de Cabañas
Cardozo é amigo de Cabañas FOTO: António Cotrim/Lusa

"Soube da notícia através de um conterrâneo meu que vive na Alemanha. Fiquei muito surpreendido com o que aconteceu, porque Cabañas é uma pessoa tranquila, não é de se meter em confusões", disse Cardozo ao Correio da Manhã.

Longe da sua terra natal, Óscar Cardozo disse ao CM entender o sentimento de revolta que os paraguaios e os adeptos do futebol, em particular, estão a sentir neste momento. "Conheço bem Salvador Cabañas, tenho muito boa relação com ele. Sei que o quadro clínico é complicado, mas espero que se salve e recupere, porque além de boa pessoa, é ainda muito jovem".

Foi, pois, muito abalado com a notícia que o goleador da Liga portuguesa se apresentou ontem, na Luz: "Sentia-me contente, mas esta notícia deixa-me muito triste. Fui apanhado de surpresa, não estava nada à espera."

Salvador Cabañas, de 29 anos, foi baleado na cabeça, durante a madrugada de domingo, quando se encontrava num bar da Cidade do México e está em perigo de vida num hospital local. É uma das estrelas da selecção paraguaia, que vai estar no Mundial 2010.

KEIRRISON NEGOCEIA SAÍDA

Marcos Malaquias, empresário de Keirrison, encontra-se em Lisboa a negociar a mais que provável saída de Keirrison com os responsáveis do Benfica. Tanto o agente como o jogador defendiam a continuidade deste último na Luz, mas a chegada de Éder Luís e Alan Kardec tê-los-á feito mudar de ideias. "O Benfica contratou mais jogadores e parece que aqui vai ter poucas hipóteses", reconheceu Marcos Malaquias". Para o Benfica é crucial libertar alguns jogadores para inscrever outros, e Keirrison está à cabeça dos dispensáveis, depois de Jorge Jesus ter manifestado intenção de manter o central Miguel Vítor no plantel. Neste contexto, a saída do avançado brasileiro deverá verificar-se antes da data-limite para o encerramento das inscrições, que é 31 de Janeiro.

APONTAMENTOS

ADEUS DE MANTORRAS

Mantorras admitiu, ontem, em Luanda, a possibilidade de dizer adeus à selecção. "Já não sou um menino. Devo agora dar oportunidade aos mais jovens, mas essa é uma decisão que eu devo acertar com a minha família", afirmou o jogador, aguardado na Luz nas próximas horas.

SONDAGEM POR ROBINHO

A imprensa inglesa insiste em colocar Robinho no caminho das águias, mas no Brasil é tido como praticamente certo o seu regresso ao Santos. O jogador quer jogar com regularidade para ter hipóteses de marcar presença no Mundial 2010.

MONZÓN EM STAND BY

Luciano Monzón, lateral-esquerdo do Boca Juniors, continua a ser o preferido de Jorge Jesus para reforçar o lado esquerdo da defesa. No entanto, o clube argentino não cede nas exigências, 4 milhões de euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)