Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Um leão sem Paciência nem arte

Já vai sendo um hábito. Pela quarta vez em outros tantos jogos, o Sporting começou cedo a perder. Desta vez, foi Alan, num golo espectacular, que obrigou o Sporting a ter de ir atrás de qualquer coisa, no mínimo o empate, que foi a regra nos jogos anteriores. Até aqui, nada de novo.
23 de Agosto de 2009 às 00:30
Paulo César foge à marcação dos jogadores leoninos
Paulo César foge à marcação dos jogadores leoninos FOTO: Manuel de Almeida/Lusa

O que até começou por ser diferente foi a boa entrada em jogo dos leões, que cedo reclamaram uma falta para grande penalidade de Moisés, que interceptou com a mão um remate de Liedson. O Sporting ia à área do Sp. Braga com sofreguidão, já os arsenalistas iam mais pela certa e sem grande alarido prévio acabaram por marcar nesse momento de inspiração de Alan.

O golo transtornou o Sporting, que não mais na primeira parte foi capaz de ligar jogo. Os leões esmoreceram, sem qualquer capacidade de reacção, com os jogadores bloqueados. A equipa não podia, às vezes nem parecia querer. Postiga sentiu isso na pele e, de um lance em que pareceu desistir, terá feito uma rotura e teve de sair. Deve falhar Florença. Entrou Caicedo.

Imperturbável a tudo isto, o Sp. Braga fazia o seu jogo. Ou melhor, não entrava no jogo do Sporting, que não tinha espaço para jogar. Alan, Viana e Mossoró pareciam mais em campo do que os médio leoninos – fraco jogo de Moutinho e Fernandez. E a diferença só não se notou mais no resultado, porque Meyong desperdiçou de forma incrível um cruzamento. Teria dado jeito um desconto de tempo aos leões, numa primeira parte angustiante do Sporting.

O segundo tempo continuou a mostrar um Sporting desastrado, a jogar com o coração, pois a cabeça tinha ficado no balneário. Sempre mais sereno e sobretudo mais organizado, o Sp. Braga resolvia sem problemas aquilo que começou a ser o expediente de despejar bolas para a área bracarense. Era um leão sem critério, que só podia resolver individualmente. Até que Yannick teve um momento luminoso, numa grande jogada individual, culminada com fantástico remate de pé esquerdo. Mas Sp. Braga ainda tinha um cartucho guardado na cabeça de Meyong, para dar justiça ao triunfo dos bracarenses, com Patrício mal. O Sp. Braga é o líder isolado da Liga.

'FICOU UM PENÁLTI POR MARCAR'

Com Paulo Bento a cumprir o último jogo de suspensão, coube a Carlos Pereira – técnico adjunto – abordar o momento delicado dos leões: 'Acreditamos que vamos melhorar e inverter o rumo das coisas.'

Sobre o jogo, o adjunto de Bento salientou que o primeiro golo do Braga dificultou a estratégia leonina. 'Entrámos bem no jogo, mas no primeiro remate, o Braga fez golo e depois corremos atrás do prejuízo. Ainda não vi as imagens, mas penso que ficou um penálti por assinalar', afirmou Carlos Pereira. A pesar do excelente golo 'que não serviu de nada', Yannick reconheceu que o jogo 'não correu de feição', muito por 'culpa do árbitro que não marcou um penálti quando o jogo estava 0-0'.

ANÁLISE

Moisés imperial

Assombroso na abordagem aos lances, acabou por ser protegido por um erro de julgamento, quando cortou com a mão um remate de Liedson. Mas Moisés não perdeu um lance. E pensar que esteve para jogar no Sporting...

- Laterais leoninos

Não conseguiram esticar o jogo ofensivo e sentiram grandes dificuldades no trabalho defensivo, nomeadamente André Marques, que até ofereceu um golo de Matheus. Pedro Silva esteve tão mal que voltou a ser substituído. Tudo como antes em Alvalade.

Arbitragem

Penálti por marcar

Olegário Benquerença deixou passar em claro uma mão de Moisés para grande penalidade. O remate de Liedson pareceu interceptado de forma irregular e intencional. Mal na lei da vantagem. Fraco.

FICHA DE JOGO

LIGA - 2.ª Jornada - 22/08/09

Estádio José Alvalade - Assistência: 24 280

SPORTING: Rui Patrício, Pedro Silva, Pereirinha, Daniel Carriço, Anderson Polga, André Marques, Miguel Veloso, João Moutinho, Vukcevic, Matias Fernandéz,Yannick, Hélder Postiga, Felipe Caicedo, Liedson.

Treinador: Paulo Bento

SP. BRAGA: Eduardo, João Pereira, Moisés, Rodriguez, Paulão, Evaldo, Vandinho, Hugo Viana, Matheus, Alan, Mossoró, Meyong, Paulo César, F.Alexandre.

Treinador: Domingos Paciência

Golos: 0-1 Alan (12’), 1-1 Yannick (71’), 1-2 Meyong (81’)

Árbitro: Olegária Benquerença (Leiria)

Disciplina: amarelos: Hugo Viana (32’), Mossoró (32’), Daniel Carriço (45’), Liedson (51’), Eduardo (52’), Ro driguez (53’)

Classificação do jogo: 5

NOTAS

FERNANDEZ: NA SELECÇÃO

Matías Fernandez foi convocado para os jogos da selecção do Chile, nos dias 5 de Setembro, frente à Venezuela, e no dia 9, contra o Brasil, de apuramento para o Mundial de 2010.

TIUÍ: RESCISÃO COM SPORTING

Rodrigo Tiuí chegou a acordo para a rescisão de contrato com o Sporting. O herói da Taça de Portugal em 2007/2008 com dois golos ao FC Porto estava ligado aos leões até 2011.

FIORENTINA: EMPATE NA SÉRIE A

A Fiorentina empatou a uma bola com o Bolonha, na 1.ª jornada da Série A italiana. O adversário do Sporting na Liga dos Campeões esteve a perder, mas Mutu assegurou um ponto aos viola.

A JORNADA

Sexta-feira

Olhanense 0-0 U. Leiria

Ontem

Académica 1-1 P. Ferreira

Sporting 1-2 Sp. Braga

Hoje

Marítimo 16h00 Leixões

Rio Ave 16h00 V. Setúbal

V. Guimarães 18h00 Benfica

Porto 20h15 Nacional

Amanhã

Belenenses 20h15 Naval

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)