Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

UMA DUPLA DE NINJAS

Chegou a Portugal há três dias e já começou a despertar o interesse dos clubes portugueses. Para já são quatro, todos da II Liga. Estamos a falar de William Fernandes Silva, irmão de Derlei, o ‘ninja’ do FC Porto, que assinou dois golos na final de Sevilha.
25 de Maio de 2003 às 00:00
William, que na próxima terça-feira completa 21 anos, é o irmão mais novo do número ‘11’ do ‘dragão’ e está em Portugal para fazer carreira. De acordo com o avançado portista, o seu ‘mano’ mais novo ainda está a evoluir enquanto jogador e precisa trabalhar bastante, mas tem tudo para se afirmar em Portugal.
“Ainda é um jovem que precisa de aprender muito, mas tem talento e espero que consiga afirmar-se no futebol português”, confidenciou Derlei ao Correio da Manhã.
Sobre o jogo da final da Taça UEFA, onde o seu irmão bisou, William referiu que “infelizmente não tivemos transmissão televisiva do jogo com o Celtic, mas acompanhei a vitória do FC Porto pela internet. Foi uma sensação de grande felicidade, ainda mais tratando-se da equipa do meu irmão. O Derlei é um homem batalhador e ele, assim como toda a equipa do FC Porto, mereceu esta vitória. Sem dúvida que o Derlei foi um digno representante do Brasil nesta conquista”, referiu ao CM o irmão mais novo de Derlei.
William, que no Brasil joga na equipa do Irati (Paraná), define-se como “um avançado rápido” que também pode jogar no meio-campo, “numa posição mais ofensiva” e diz ser muito parecido, enquanto jogador, com o seu irmão. “Então se aqui em Portugal ele é o ‘ninja’, eu posso ficar como o ‘ninja dois’”, ironizou entre um sorriso acanhado.
Relativamente ao seu futuro, só a partir da próxima semana é que deverão surgir novidades. Até lá, a prioridade é festejar. “Ainda não há nada de concreto, mas se tudo correr bem e assinar com algum clube e regressar em Setembro para começar a jogar. Para já quero ‘curtir’ a conquista da Taça UEFA com o Derlei e conhecer os clubes que demonstraram interesse em me contratar”.
E já agora, para quando uma dupla dos dois manos nos relvados do futebol português? Derlei encarrega-se de responder com um sorriso na cara: “Por enquanto só numas ‘peladinhas’, mas quem sabe um dia desses não acontece”.
OUTROS MANOS FAMOSOS
Caso William, irmão mais novo de Derlei, o ‘ninja’ do FC Porto, venha a ingressar no futebol português, não será a primeira vez que um jogador ajuda um irmão a ingressar numa equipa de futebol. Recorde-se que o avançado do Sporting Mário Jardel, também ‘deu a mão’ ao seu irmão mais novo, George, que após passagem pelo Leça, ingressou nos quadros competitivos do Benfica, acabando por ser emprestado ao Alverca.
Entre os portugueses, há a registar os irmãos Ribeiro, Maniche e Jorge, que começaram as suas carreiras profissionais no Benfica, e actualmente representam o FC Porto e Varzim, respectivamente. Aliás, o médio portista poderá dar mais uma ‘ajuda’ ao irmão mais novo, já que o interesse da equipa das Antas é efectivo e existe um pré-acordo de opção.
Também o internacional português do Nápoles (Série B italiana) Vidigal, quando ingressou no Sporting, ajudou o seu irmão Toni a vestir a camisola do ‘leão’.
Contudo, se o primeiro vingou em Alvalade e fora do território nacional, já o mesmo não se poderá dizer do segundo que actuou na equipa B com apenas uma breve passagem pela equipa principal dos ‘leões’.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)