Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

United com Natal amargo

O Manchester United vai passar um Natal mais amargo, depois do empate em casa do Swansea a um golo, resultado que ditou uma aproximação do Manchester City ao líder da Premier League – a diferença é agora de quatro pontos.
24 de Dezembro de 2012 às 01:00
Ashley Williams (n.º 6) remata contra a cabeça de Van Persie
Ashley Williams (n.º 6) remata contra a cabeça de Van Persie FOTO: Geoff Caddick/Epa

"Devia ser uma diferença de seis pontos e essa é a nossa desilusão", disse Ferguson, treinador do Man. United, após o empate.

No País de Gales, o Manchester United começou mais forte e marcou de cabeça, pelo lateral--esquerdo Evra, após um canto.

Mas ainda no primeiro tempo o espanhol Michu empatou. De nada valeram os esforços de Van Persie e Carrick, que na segunda parte acertaram na barra da baliza do Swansea, para desespero de Ferguson, que ficou revoltado com Ashley Williams, jogador do Swansea, que atingiu com a bola a cabeça de Van Persie quando o avançado holandês estava caído e o jogo interrompido: "Van Persie tem sorte em estar vivo. Foi uma atitude lamentável do jogador deles e devia ser punida pela federação. Podia ter matado o rapaz", criticou.

No jogo que fechou a jornada, o Chelsea (regressado do Mundial de Clubes, em que perdeu na final com o Corinthians, 1-0), vingou-se no Aston Villa, aplicando uma goleada de 8-0. Torres, David Luiz, Lampard, Ivanovic, Ramires (bisou), Oscar e Hazard marcaram os golos dos blues, que ainda falharam um penálti, por Lucas Piazón.

inglaterra premier league manchester united ferguson chelsea
Ver comentários