Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Uso de máscara no exercício físico prejudica ventilação e reduz tolerância ao esforço

Efeitos negativos são "particularmente pronunciados" no exercício de maior intensidade.
Lusa 25 de Novembro de 2021 às 07:44
Mulher, desporto
Mulher, desporto FOTO: Getty Images
O uso de máscara durante o exercício contínuo, moderado a intenso, como andar de bicicleta na rua, prejudica a ventilação, reduz o consumo de oxigénio e encurta em 10% a tolerância de esforço até à exaustão, segundo um estudo esta quinta-feira divulgado.

O trabalho, desenvolvido por uma equipa de investigadores da Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, a que a Lusa teve acesso, concluiu que os efeitos negativos são "particularmente pronunciados" no exercício de maior intensidade.

"O uso de máscara cirúrgica é particularmente perturbadora no exercicio severo, é menos perturbadora no exercicio moderado e não afeta a fisiologia que foi quantificada em termos de repouso. Além de (...) encurtar aquilo que é a tolerância individual para a exaustão, verifica-se uma redução substancial no consumo de oxigénio e que esta redução se associa principalmente a uma redução ventilatória provocada pela máscara", explicou à Lusa o coordenador do estudo, Gonçalo Vilhena de Mendonça.

saúde desporto pandemia Covid-19 máscara
Ver comentários