Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Vaga de fundo para o técnico continuar

O plantel do Sporting está unido em torno da continuidade de Paulo Bento como treinador na próxima época. De acordo com os jogadores contactados pelo CM – que solicitaram o anonimato sob risco de serem multados pelo clube – "Paulo Bento só sai do Sporting por vontade própria".

3 de Abril de 2009 às 00:30
O técnico Paulo Bento conta com o apoio da maioria dos jogadores e dos dirigentes do Sporting
O técnico Paulo Bento conta com o apoio da maioria dos jogadores e dos dirigentes do Sporting FOTO: Rui Minderico

'Não há motivo para que ninguém tenha uma opinião contrária à sua permanência. Tem ajudado muito os jogadores e não há um treinador melhor para o clube', disse fonte do plantel. A única excepção poderá ser Miguel Veloso, que acusou de no clube ninguém o defender, apesar de ter considerado Bento 'um bom treinador'. Ontem, Abel (ver caixa) saiu em defesa do técnico, juntando--se aos jogadores que manifestaram publicamente apoio à sua continuidade, como Tonel, Postiga e Carriço. 'Os resultados de Paulo Bento nestes anos no clube falam por si. O plantel está identificado com ele, pois metade foi formado no Sporting e muitos já cá estão há vários anos', frisou outra fonte.

Apesar de estar há três anos e meio no clube – entrou em Novembro de 2005 –, os jogadores acreditam que o técnico não está cansado. 'Saturado só se for com a forma como tratam o clube.' E mesmo uma eventual mudança de direcção, nas eleições de 5 Junho, não coloca o lugar de Bento em risco. O CM sabe que o candidato que tiver o apoio do conselho directivo irá apresentar uma proposta de renovação ao técnico.

VUKCEVIC: 'TENHO DE SER OPERADO'

'Sinto-me mal. Penso que tenho de ser operado o mais rapidamente possível', disse ontem Vukcevic à chegada a Lisboa. O extremo montenegrino lesionou-se no ombro direito ao serviço da sua selecção e só vai ser avaliado pelo departamento médico do Sporting hoje de manhã, mas não escondeu a sua frustração. 'Não consigo fazer nada, não tenho força e nem consigo treinar. Tenho pena de não poder ajudar os meus companheiros. Seguem-se jogos decisivos, mas sei que eles vão fazer tudo para ganhar', concluiu o jogador.

Apesar da ausência certa de Vukcevic, Paulo Bento já vai poder contar com Izmailov e Liedson para o jogo de domingo com o Leixões. O russo integrou o treino de ontem, enquanto o brasileiro fez trabalho condicionado.

'DIGNIFICAR A CAMISOLA'

Abel garantiu ontem que a indefinição sobre a continuidade de Paulo Bento e do futuro da direcção não põe em causa a tranquilidade do grupo. 'Não passa totalmente ao lado, todos lemos jornais, comentamos, mas isso não interfere no nosso trabalho. Devemos pensar como profissionais e temos obrigação de dignificar esta camisola. Iremos fazer o nosso melhor e seguir em frente', disse o lateral, na conferência de imprensa realizada em Alcochete. No entanto, o lateral não hesitou em mostrar o seu apoio ao técnico leonino: 'Gostava que Paulo Bento continuasse. Está de corpo e alma até ao fim neste ciclo e é certo que o quer fechar da melhor maneira.'

APONTAMENTOS

BAPTISMO DE PATRÍCIO

O guarda-redes Rui Patrício reencontra este domingo o Leixões, que apadrinhou a sua estreia na Liga, na época passada, a 24 de Novembro de 2007. O guardião conseguiu um empate (1-1) na estreia.

REGRESSO DE VELOSO

O desafio com o Leixões poderá assinalar o regresso de Miguel Veloso aos convocados. O médio/lateral já não é opção para Paulo Bento desde a derrota (7-1) com o Bayern, para a Champions, mas, apurou o ‘CM’, tem mostrado 'muito empenho' nos treinos.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)