Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Vanessa: Londres 2012 ainda é hipótese

“Para a Vanessa, nada é impossível. É uma lutadora.” Foi assim que Venceslau Fernandes abordou a possibilidade de a filha ir aos Jogos.
12 de Fevereiro de 2011 às 00:00
Vanessa Fernandes
Vanessa Fernandes FOTO: João Cortesão

O descanso da guerreira Vanessa Fernandes pode ser mais curto. O anúncio de uma pausa na carreira da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 abalou o desporto nacional e relançou o debate sobre a existência do centro de alto rendimento para os jovens. Uma coisa é certa: Venessa Fernandes continua a treinar – de forma mais moderada –, e uma participação olímpica em Londres 2012 não está posta de parte. "A Vanessa é uma lutadora. Para ela, nada é impossível. Basta treinar um mês ou dois a sério para ficar em forma", disse ao Correio Sport Venceslau Fernandes.

O vencedor da Volta a Portugal em bicicleta de 1984, Venceslau Fernandes, apoia o abandono temporário da filha. "Ela tem treinado, tem feito corrida e no domingo vamos andar de bicicleta", disse, reconhecendo um único erro: "Não a devia ter deixado ir para Lisboa tão nova [15 anos]. As pessoas que trabalharam com a Vanessa olharam para ela como uma atleta e não como uma menina."

Sobre o regresso à competição, Venceslau é peremptório: "A decisão de voltar ou não é dela, mas nós queremos que volte com saúde e alegria."

Actualmente, os dias da medalha de prata nos Jogos de Pequim 2008 são passados com treinos descontraídos e a divertir-se com os amigos. "Está a viver aquilo que não a deixaram viver na idade certa", concluiu.

NÃO FOI POR AMOR

"Não foi por ter namorado que parou. Despachava o namorado mais depressa do que deixava o triatlo", disse Venceslau.

ESTÁTUA E NOME DE RUA

"A Câmara de Gaia prometeu uma estátua ou o nome de uma rua se ganhasse uma medalha, mas não cumpriu", disse Venceslau

Ver comentários