Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Veiga denuncia reunião suspeita

José Veiga, director-geral da SAD do Benfica, denunciou ontem a existência de uma reunião entre o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, e Luís Guilherme, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga, ‘apadrinhada’ pelo major Valentim Loureiro, na semana que antecedeu o clássico.
28 de Fevereiro de 2006 às 00:00
O dirigente ‘encarnado’ revelou – em declarações à Rádio Renascença (RR) – ter tido conhecimento do encontro na passada semana, mas devido à aproximação do dérbi, preferiu não trazer a público a notícia. José Veiga considerou “lamentável” o sucedido, apesar de todas as formações que compõem a Liga de Clubes terem a possibilidade de solicitar uma reunião com o mais alto responsável da arbitragem nacional.
O director-geral das ‘águias’ não criticou o facto de ter existido o encontro mas sim o ‘timing’ do mesmo, que teve lugar no mesmo dia em que foi conhecido o nome do árbitro João Ferreira para dirigir o jogo do passado domingo.
“Ao longo da época podem receber um clube, penso que poderiam ter recebido em qualquer outra altura, menos na semana que antecedeu o Benfica-FC Porto, mas o que é mais grave é a reunião ter sido apadrinhada pelo presidente da Liga, Valentim Loureiro, que sempre apregoou a independência nos órgãos da Liga, pelo que não deixa de ser estranho ter acompanhado o presidente do FC Porto na reunião. Ou o fez na qualidade de presidente da Liga e, que eu saiba, o líder da Liga não faz parte da CA, ou por amizade, o que é ainda mais grave”, afirmo, embora um assessor do major Valentim Loureiro ter garantido que este não participou no encontro.
Veiga confirmou que já sabia da notícia, do que se tinha passado e dos contornos da reunião desde terça-feira à noite. “Podíamos ter denunciado, mas não o fizemos para não perturbar o ambiente do jogo e também porque somos diferentes”, referiu o dirigente que deixou um alerta: “Faltam dez jornadas, vamos estar atentos, porque situações destas não podem acontecer, tanto por parte da Comissão de Arbitragem como do presidente da Liga.”
No rescaldo de mais um clássico em que o Benfica saiu vencedor (1-0), o director-geral da SAD aproveitou para elogiar o árbitro João Ferreira, apesar de não ter assinalado uma grande penalidade a favor dos ‘encarnados’, num lance já no final do jogo, em que Petit reclamou uma falta de Lucho González dentro da área portista. “É óbvio que as pessoas viram que houve um penálti. Mas antes do jogo tive o cuidado de dizer que o senhor João Ferreira era um bom árbitro, dos melhores, e vou manter aquilo que disse”, afirmou José Veiga aos microfones da RR.
PINTO DA COSTA 'TRAVADO'
Em relação ao facto de Pinto da Costa ter sido impedido de ir ao relvado antes do início da partida, Veiga esclarece que apenas foram cumpridos os regulamentos: “O delegado da Liga só tem de cumprir os regulamentos. Na ficha de jogo, que eu saiba, o presidente do FC Porto não consta. Como tal não tinha que estar no relvado”, concluiu.
Tudo se terá passado quando a equipa ‘azul-e-branca’ já estava no habitual período de aquecimento. Pinto da Costa juntamente com o médico Nélson Puga (esteve no banco de suplentes) terão sido impedidos, no túnel de acesso, de acederem ao relvado por um segurança do clube da Luz, com a justificação de que não faziam parte da ficha de jogo. Gerou-se então alguma tensão naquela zona do estádio.
O líder do FC Porto – acompanhado por um segurança – acabou por abandonar e assistiu à partida no camarote presidencial a poucos metros de distância de Luís Filipe Vieira.
LUÍS GUILHERME: "NÃO ACEITAMOS LIÇÕES DE ÉTICA DO SR JOSÉ VEIGA
O presidente da Comissão de Arbitragem reagiu às declarações de José Veiga. Luís Guilherme considera normal tal procedimento e dispara: “Não aceitamos lições de ética do sr. José Veiga”. “Na segunda-feira, dia 20, à semelhança de outros clubes, o FC Porto pediu-nos, via fax, uma reunião para tratar de assuntos de ordem geral da arbitragem e teve o cuidado de referir que o clássico não seria tema para análise. Como temos feito com todos os clubes, respondemos no mesmo dia e marcámos a reunião para as 15h00 de terça-feira, dia 21,” afirmou o responsável pela arbitragem.
Luís Guilherme aproveitou para desmentir que o árbitro Olegário Benquerença tivesse pedido dispensa para o clássico. Recorde-se que o juiz leiriense esteve no Benfica-FC Porto da época passada e não validou um golo ao Benfica, depois de Vítor Baía ter tirado a bola já dentro da baliza, após remate de Petit.
EUFORIA BENFIQUISTA: A REVALIDAÇÃO DO TÍTULO VOLTOU A SER POSSÍVEL PARA O BENFICA?
"AINDA HÁ MUITOS PONTOS EM DISPUTA" (FERNANDO SEARA, PRESIDENTE CM DE SINTRA)
“Acredito que o Benfica tem hipóteses. Ainda há muito campeonato, falta muita Liga para se jogar. Não podemos esquecer que além de haver seis equipas a lutar por um lugar na Liga dos Campeões, há pelo menos oito clubes que jogam para não descer de divisão. Ficar na Liga ou descer para a Honra é uma diminuição imensa de receitas. Há muitos pontos ainda em disputa”.
"FC PORTO AINDA VAI TER JOGOS DIFÍCEIS" (ANTÓNIO MANUEL RIBEIRO, MÚSICO DOS UHF)
“Matematicamente ainda é possível revalidar o título. O FC Porto ainda vai ter alguns jogos bem difíceis pela frente, nomeadamente deslocações a Alvalade e Bonfim. Creio que antes de mais, será campeã a equipa que errar menos, que conseguir ser a mais regular no resto do campeonato. Espero que a vitória sobre o Liverpool e o FC Porto tenha relançado a equipa para um bom final de época”.
"HÁ QUE MANTER ESPÍRITO DE LUTA" (GASPAR RAMOS, EX-DIRIGENTE DO BENFICA)
“É claro que o Benfica ainda está na corrida! Ainda há muito para se jogar, o FC Porto ainda tem de defrontar o Sporting e ambos têm um calendário também complicado. Desde que os jogadores do Benfica mantenham a mesma disponibilidade, mostrem o espírito de luta que apresentaram frente ao Liverpool e o FC Porto é possível. Se assim for, o Benfica será novamente campeão”.
"NÃO PODEM PERDER MAIS JOGOS" (JOSÉ LUÍS BORGA, PADRE)
“Obviamente que é possível sermos campeões novamente. Para tal basta não perdermos mais jogos até ao fim do campeonato. É certo que os nossos adversários ainda vão ter de perder pontos mas se há um clube que não os vai perder é o Benfica. Não podemos perder mais jogos! Não é uma tarefa fácil, mas o que seria do futebol se não existisse esta emoção até ao último minuto”?
ANIVERSÁRIO BEM DISCRETO
O Sport Lisboa e Benfica completa hoje o seu 102.º aniversário, em pleno dia de Carnaval, mas é caso para dizer que as festividades aconteceram no domingo com a vitória sobre o FC Porto, por 1-0. É que hoje os ‘encarnados’ não vão viver qualquer iniciativa para comemorar o nascimento do clube. E até o plantel vai gozar um dia de folga.
As velas foram apagadas no domingo, antes do clássico, na Catedral da Cerveja, onde esteve reunida grande parte da família benfiquista, encabeçada pelo presidente Luís Filipe Vieira. Mas o dia de hoje, além de representar o ‘nascimento’ do clube lisboeta, poderia ainda simbolizar outro marco importante na instituição. É que a inauguração do tão desejado centro de estágio, erguido no Seixal, esteve agendado para este dia – confirmado pelo próprio presidente –, mas o clube recuou nas intenções, alegando que tal se deveu a uma “questão interna estratégica”, já que existem “aspectos comerciais envolvidos”.
O vice-presidente para o património do Benfica, MárioDias, já disse, no entanto, que o centro de estágio está concluído. Como tal, aguarda-se o anúncio de nova data para a inauguração.
Os adeptos, depois de terem festejado efusivamente o triunfo sobre os portistas, o que avivou ainda mais a luta pelo título, vão poder celebrar o aniversário do clube com uma rara oportunidade. É que os responsáveis do clube vão possibilitar que estes pisem algumas zonas ‘proibidas’ do recinto. O relvado vai permanecer imaculado, mas os benfiquistas que participarem na Corrida do Aniversário do clube, no próximo domingo, vão poder percorrer a zona junto à relva.
A competição tem início agendado para as 10h00, na Avenida Lusíada, e termina junto ao recinto, mas o ponto alto vai ter lugar a meio da prova. Nessa altura, os participantes vão poder passar por dentro do estádio e apreciar a ‘catedral’ de baixo para cima.
A prova reunirá atletas de renome (percorrem dez km), simples entusiastas do atletismo e anónimos (estes correm cinco) desejosos de dar umas ‘passadas’ pelo estádio. Para estes um único senão: vão ter de pagar 7,5 euros de inscrição. E, se desembolsarem mais dez euros, terão direito a um bilhete para o fim-de-semana seguinte, para assistir ao Benfica-Naval, a contar para a Liga.
APONTAMENTOS
MICCOLI OK
Fabrizio Miccoli treinou ontem de manhã sem quaisquer limitações, revelando ser a principal nota de destaque do apronto dos ‘encarnados’. O italiano participou na peladinha com os restantes jogadores que não foram utilizados no clássico de domingo. O brasileiro Geovanni continua a fazer trabalho condicionado, tendo prosseguido o programa de recuperação.
SEIS NAS SELECÇÕES
Os trabalhos do Benfica não contaram ontem com a presença de seis jogadores internacionais, que rumaram para os serviços das respectivas selecções. A saber: Luisão (Brasil), Karagounis (Grécia), Nélson (sub-21), Manuel Fernandes (sub-21), Petit (AA) e Quim (AA).
NÉLSON FELIZ
O lateral-direito Nélson prepara-se para envergar pela primeira vez a camisola da selecção portuguesa dos sub-21. Recentemente naturalizado, o defesa, nascido em Cabo Verde, não escondeu a alegria por ter sido chamado pelo seleccionador Agostinho Oliveira e espera estar no “Europeu e ser campeão pelo Benfica”.
BILHETES
Apesar de hoje ser dia de Carnaval, as bilheteiras do Estádio da Luz vão estar abertas a partir das 10h00, com vista à venda de ingressos para a deslocação ao terreno do Estrela da Amadora. Os preços variam entre os 20 e 40 euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)