Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Vieira quer parceria

As relações tumultuosas entre Sporting e Benfica já pertencem ao passado. Ontem, na véspera de as ‘águias’ visitarem Alvalade, Luís Filipe Vieira voltou a dar sinais notórios de aproximação entre os dois emblemas. E hoje, o presidente do Benfica vai assistir ao dérbi ao lado de Filipe Soares Franco.
1 de Dezembro de 2006 às 02:32
Num discurso conciliador, Vieira admitiu que os dois rivais podem fazer juntos coisas importantes para o futebol. “Em conjunto podemos fazer coisas muito interessantes e inovadoras neste País para a credibilização do futebol. Os dois clubes podem, inclusivamente, vir a ser parceiros em determinado tipo de sociedades. Por exemplo, numa empresa de prestação de serviços ou de segurança. Há tanta coisa que podemos fazer em conjunto”, afirmou Vieira aos microfones da RTP.
A polémica recente entre José Veiga e o Sporting, motivada pela saída de João Pinto da Luz para Alvalade, não agudizou, de acordo com o líder das ‘águias’, as relações entre os dois grandes da capital. “O Benfica nada tem que ver com o assunto do cidadão José Veiga. Não houve da parte do Benfica algo contra a instituição Sporting, nem isso seria admissível da minha parte”, esclareceu o dirigente.
Sobre o jogo, Vieira sabe a quem dedicar uma possível vitória: “Se o Benfica conseguir um bom resultado, a dedicatória irá, em primeiro lugar, para os jogadores e técnicos e também para toda a massa associativa”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)