Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Villarreal empata Ronaldo

Cristiano Ronaldo teve um regresso amargo aos relvados, após três meses a recuperar de uma intervenção cirúrgica ao tornozelo direito. Após 53 minutos sem conseguir ultrapassar, não o submarino, mas o autocarro amarelo que o Villarreal montou ao redor da baliza de Diego Lopez, ouviu-se um enorme clamor em Old Trafford, quando Cristiano Ronaldo se levantou, finalmente, para o aquecimento. Nove minutos depois (62 m), o internacional português rendia o esgotado Park Ji-Sung. Antes de tocar na bola, Ronaldo e todo o estádio respiraram de alívio quando o argentino Guille Franco mandou a bola ao poste com um toque de calcanhar.
18 de Setembro de 2008 às 00:30
Ronaldo voltou a jogar três meses depois de ser operado
Ronaldo voltou a jogar três meses depois de ser operado FOTO: Phil Noble/Reuters

Na sua primeira intervenção, aos 65 minutos, Ronaldo rematou em posição frontal, mas a bola saiu enrolada para a defesa fácil de Diego Franco. Mas só foram precisos mais cinco minutos para isolar Evra na esquerda, que colocou a bola na área, surgindo o remate de Tevez, salvo em cima do risco por um defesa do Villarreal.

Sempre muito aplaudido, Cristiano Ronaldo tinha ainda guardado mais um número para mostrar aos adeptos do Manchester United de que está totalmente recuperado. Na direito, inventou um cruzamento mortífero, ao qual o jovem central Evans correspondeu com um voo picado, levando a bola a bater na base do poste direito da baliza de Diego Lopez. Não deu para ganhar, mas o génio está de volta.

Ver comentários