Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Vírus faz Jankovic desistir

Em Abril de 2003, Jelena Jankovic passou pelo Estoril Open mas não foi além do qualifying. Na altura, a jovem sérvia bem tentou dar nas vistas, dentro e fora dos courts, mas o seu ténis ainda não havia ‘explodido’ (perdeu com a discreta estoniana Maret Ani) e o aparelho nos dentes estava longe de ser um ícone ‘fas-hion’, como acontece agora.
10 de Novembro de 2007 às 00:00
Jelena Jankovic
Jelena Jankovic FOTO: Sergio Perez, Reuters
Ao fim de quatro temporadas, no entanto, tudo mudou. Com apenas 22 anos, Jankovic aterrou em Madrid como número três mundial, acumulando ainda o estatuto, não oficial, de jogadora mais atrevida do circuito. Que o diga o seu parceiro de pares em Wimbledon, Jamie Murray (irmão de Andy Murray), com quem terá mantido um ‘affaire’ na quinzena londrina.
Perante o espírito ‘aventureiro’ da jogadora do Leste, o WTA não perdeu tempo em aproveitá-la para promoção. Dedicou 100 horas em compromissos ‘off-court’ e até foi embaixadora da UNESCO.
Nos courts disputou 28 torneios – 72 vitórias para 22 desaires – e somou quatro títulos. A factura, porém, acabou por ser demasiado alta e foi paga no Masters de Madrid. A última das três derrotas foi averbada ontem frente a Marion Bartoli, depois de desistir com um vírus respiratório quando perdia por 1-6 e 0-1.
Ver comentários