Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Vítor Baía e Maniche vão jogar

O técnico Víctor Fernández não esconde que vai utilizar Vítor Baía na partida de amanhã frente ao Moreirense, argumentando que ontem o guarda-redes fez um treino “dentro da normalidade” e que todos os exames médicos – incluindo o teste de 24 horas com um holter – não revelaram qualquer problema na sequência da taquicardia sofrida aquando da disputa da Taça Intercontinental, no Japão.
16 de Dezembro de 2004 às 00:00
Maniche e Baía não foram poupados por Fernández
Maniche e Baía não foram poupados por Fernández FOTO: Estela Silva
“As provas médicas realizadas a Baía não detectaram nenhuma anomalia e portanto não há razões físicas que o impeçam de jogar”. Já no que concerne a Maniche, que logo após a vitória sobre o Chelsea para a Liga dos Campeões admitiu que poderia parar depois do confronto com o Once Caldas, Fernández reconheceu que precisa do experiente centrocampista para o jogo com o Moreirense, admitindo que depois “poderá parar uns dias”.
Para um jogo em que o FC Porto não pode contar com Costinha devido a castigo disciplinar, Fernández pretende uma equipa mentalmente forte, acrescentando que o Moreirense poderá tornar-se... “uma armadilha”. O técnico espanhol recorda que a equipa vem de duas importantes vitórias: na Liga dos Campeões – garantiu a qualificação para os oitavos-de-final da milionária prova da UEFA – e na Taça Intercontinental, pelo que está num “estado de tensão e excitação máxima”. O treinador do FC Porto exige concentração máxima diante do Moreirense – “vêm cá para nos roubar a glória” –, reforçando a ideia que a equipa de Moreira de Cónegos vai fazer “o jogo da sua história”. Fernández também defende a ideia que “os clubes pequenos estão mais fortes”, mas tranquiliza os adeptos, garantindo que depois da pausa natalícia a sua equipa vai melhorar: “Temos mais margem para melhorar do que os adversários”, disse o espanhol, que não fecha a porta a novas contratações, desde que sejam “futebolistas com qualidade, como Leandro”.
A 'TRAMPA' DE FERNÁNDEZ
Ontem viveram-se momentos de boa disposição durante a conferência de imprensa de Víctor Fernández. O momento alto da manhã deu-se quando perguntaram ao técnico espanhol o que pensava do encontro de amanhã com o Moreirense, para a 15.ª jornada da SuperLiga. Fernández nem hesitou na resposta: “É um jogo de trampa”. Como é óbvio a risada dos jornalistas foi total, só que o treinador não entendia o porquê. O assessor de imprensa, Antero Henriques, teve de explicar que ‘trampa’ em espanhol quer dizer “armadilha” e revelou ao treinador o significado da palavra em português.
Aí Fernández entendeu o motivo da risada e tentou emendar, com outra expressão castelhana: “Então borrem isso”!.
Ver comentários