Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Vítor Pereira: “Mais críticas aos árbitros é impossível”

Líder do Conselho de Arbitragem recusa falar sobre eventual greve. João Capela desvaloriza.
27 de Março de 2014 às 06:00
João Capela e Vítor Pereira evitam falar de greve
João Capela e Vítor Pereira evitam falar de greve FOTO: Miguel Barreira

"Mais críticas do que as que os árbitros já ouvem é impossível." A afirmação é do presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Vítor Pereira, numa conferência na Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, Lisboa, sobre ‘Arbitragem e o Futuro’.

"Mais intolerância do que a que existe é impossível", insistiu Vítor Pereira, quando questionado por um dos alunos sobre se a profissionalização conduz necessariamente a uma maior exigência e crítica para com os árbitros.

O líder do CA considerou ainda que "o futuro da arbitragem de alto nível passa pela profissionalização" e defendeu a implementação de novas tecnologias no futebol. "Os árbitros sabem que não podem competir com vinte câmaras", explicou, garantindo que só aguarda pela decisão de quem de direito (FIFA, FPF e Liga) para dizer: "Implemente-se!"

No final da iniciativa, o líder do CA recusou falar aos jornalistas sobre a eventual greve de árbitros contra a pressão de que, alegadamente, têm sido alvo. Sobre essa possível paragem, o árbitro João Capela, também presente na conferência, desvalorizou: "O que nós queremos é contribuir positivamente para o futebol."

Vítor Pereira árbitros críticas arbitragem juízes FPF greve João Capela
Ver comentários