Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Vítor Pereira: “Queremos continuar na Champions”

Vítor Pereira garantiu esta segunda-feira que o FC Porto quer continuar na Liga dos Campeões e, por isso, preparou-se "da melhor maneira" para vencer o Zenit, no encontro de terça-feira, respeitante à última jornada do Grupo G.
5 de Dezembro de 2011 às 14:23
Vítor Pereira garante que equipa se preparou para continuar na Liga dos Campeões
Vítor Pereira garante que equipa se preparou para continuar na Liga dos Campeões FOTO: Anatoly Maltsev/Epa

"Preparar jogos para ganhar estamos nós habituados. É um jogo muito importante para a época desportiva, sabemos o que queremos e queremos continuar na Champions. O jogo foi preparado da melhor maneira para amanhã (terça-feira) ganharmos", disse o treinador do FC Porto, na conferência de imprensa de antevisão do decisivo encontro.         

Para o técnico, quem joga e quem treina o FC Porto tem sentido de responsabilidade e sabe os valores que o clube defende. "O carácter, o colectivo, a competência, esses são os nossos argumentos. É com base neles que estamos a lidar com este jogo e será com estes argumentos que iremos esgrimir com o Zenit", acrescentou.        

Para enfrentar os russos, "uma equipa complicada, com um bocadinho do cheirinho italiano do ponto de vista defensivo, que defende bem, mas gosta de aparecer com muita gente na área e de se estender no campo todo", Vítor Pereira já tem bem definido aquilo que pretende e a equipa na sua cabeça.

"Este FC Porto, é um FC Porto competente, que tem consciência da sua responsabilidade no jogo de amanhã", assegurou, recusando este como o encontro mais importante da sua carreira: "É mais um jogo, mais um jogo que queremos ganhar".         

Vítor Pereira relembrou ainda que aquilo que antecipou na altura do sorteio se confirmou: "Disse que este grupo seria muito disputado até à última jornada. Esta discussão entre três equipas para dois lugares na Champions já foi perspectivada na altura do sorteio".         

Quando questionado sobre os assobios que ainda se fazem ouvir a partir das bancadas, o treinador dos dragões respondeu com um "estava a ficar preocupado por não falarem da massa associativa" e pediu "muito alma" aos adeptos portistas e "um ambiente adverso" para os russos, igual ao que os  adeptos do Zenit criaram na sua casa.          

Vítor Pereira comentou ainda os polémicos festejos de Danny, no jogo que os portistas perderam por 3-1, no primeiro jogo entre as duas equipas, considerando que não achou nem "natural", nem "espontâneo" o comportamento do internacional português que alinha pelos russos. “Eu já não acharia normal se fosse um jogador estrangeiro a fazê-lo. Quando é um português, muito menos. Foi falta de respeito, não sei, têm de perguntar ao Danny", concluiu.

MAICON: “PENSAMOS SEMPRE NA VITÓRIA”

O central brasileiro Maicon, também presente na conferência, confessou que espera um triunfo. "Pensamos sempre na vitória, independentemente do adversário. Amanhã, é mais um jogo em que vamos entrar em busca da vitória, como fazemos em todos os jogos", disse, assumindo-se disponível para jogar em qualquer posição para ajudar o FC Porto.         

Para se apurarem para os oitavos de final, os dragões têm obrigatoriamente que vencer os russos, uma vez que se encontram no terceiro lugar do grupo, com sete pontos, menos um que estes e menos dois em relação aos cipriotas do APOEL, já apurados. 

fc porto vítor pereira liga dos campeões zenit estádio do dragão maicon
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)