Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Vitória bate campeão a gerir esforços

O V. Guimarães estreou-se ontem na Liga Intercalar – prova organizada pela Associação de Futebol do Porto – com uma vitória, por 1-0, diante do FC Porto, jogo em que o minhotos foram mais eficazes durante os noventa minutos.
6 de Dezembro de 2007 às 00:00
Edgar controla a bola, vigiado por Moreno
Edgar controla a bola, vigiado por Moreno FOTO: José Moreira, Record
Um golo de Tiago Ronaldo a finalizar um bom cruzamento de Carlitos no flanco direito chegou para vencer um adversário que teve muitos problemas na finalização, no meio-campo e na defesa.
Os minhotos apresentaram um colectivo com mais harmonia, dado que, no primeiro tempo, utilizaram nove jogadores do plantel principal. Foram uma equipa mais segura, mais ousada e com maior protagonismo, ainda que o primeiro sinal de perigo tenha sido dado pelo FC Porto quando Marco Aurélio serviu bem na área o desastrado Edgar. Pouco depois, foi a vez de Rui Pedro contar com a displicência de Radanovic e atirar ao lado em posição favorável.
Com o relvado pesado, a maioria dos jogadores em que Manuel Cajuda apostou responderam afirmativamente e mostraram que podem ser boas opções para o futuro. Na frente de ataque estiveram Targino, Carlitos e Mrdakovic, trio que provocou inúmeras dores de cabeça à defesa dos azuis e brancos.
Já a equipa ontem orientada por João Pinto, esteve completamente ausente da partida. Fora as oportunidades desperdiçadas por Edgar e Rui Pedro, o FC Porto cometeu inúmeros erros de marcação no meio-campo, permitindo que o adversário ocupasse melhor os espaços
Nota positiva, no entanto, para a jovem esperança Rui Pedro, um médio ofensivo que deu nas vistas, pela forma habilidosa como controlava a bola, embora tivesse falhado no remate final.
A partir do golo que Tiago Ronaldo, marcado ao minuto 30, os dragões não mais se encontraram. Foram incapazes de criar lances de ataque que apoquentassem o último reduto dos vimaranenses e os erros que cometeram na defesa só não deram mais golos do Vitória, devido ao desacerto de Mrdakovic, Targino e Carlitos.
Ver comentários