Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Vou lutar por um lugar na equipa

Bruno Alves é uma das três caras novas – juntamente com Duda e Bosingwa – chamadas por Luiz Felipe Scolari para os compromissos da Selecção com a Bélgica (apuramento para o Euro 2008) e o Kuwait (jogo particular). O central do FC Porto sabe que será difícil entrar no onze mas promete entretanto complicar as contas ao seleccionador.
30 de Maio de 2007 às 00:00
Jogadores estreantes querem mostrar-se a Scolari
Jogadores estreantes querem mostrar-se a Scolari FOTO: Tiago Petinga / Lusa
“Estou aqui para ajudar e torcer pela vitória. Vou entrar na luta, e o treinador é que depois irá decidir”, referiu o atleta, destacando “a preocupação dos jogadores mais velhos” em ajudá-lo a ambientar-se a esta nova experiência.
Na chegada à concentração da equipa das quinas, o jogador foi recebido por Scolari, com quem trocou curtas palavras. “Não tive oportunidade de falar muito com o mister. Ele tentou ambientar-me”, explicou o jogador, desvalorizando o facto de só agora ter sido chamado à Selecção: “O mister Scolari tem estado atento e chamou-me quando tinha de ser chamado”.
Sobre o encontro de sábado com a Bélgica, o central acredita que será uma tarefa complicada vencer no reduto dos ‘diabos vermelhos’, mas acredita no triunfo. “Tive oportunidade de ver a partida de Alvalade. Têm uma selecção muito forte. Temos de assegurar o apuramento quanto antes. Vamos preparar-nos para fazer uma boa exibição”, disse.
Por sua vez, o avançado, do Sevilha, Duda, outro dos estreantes, não escondeu alguma surpresa por ter sido convocado. “Podemos ser chamados em qualquer altura, mas fiquei um pouco surpreendido porque não estava a jogar os minutos que gostava no meu clube”, revelou.
O extremo tem uma forte concorrência na Selecção mas nem assim fica intimidado: “Sei que é difícil mas quero deixar as coisas ainda mais complicadas para Scolari. Todos os que aqui estão têm uma oportunidade de jogar. O mister irá decidir”.
Ontem, a Selecção trabalhou à tarde no Jamor. Os leões Ricardo, Caneira, Nani e Moutinho, que jogaram na final da Taça no domingo, apenas fizeram corrida, bem como Hugo Almeida (fez testes médicos pelos sub-21 de manhã) e Meira (jogou a final da Taça da Alemanha no fim-de-semana). Também Deco e Miguel, que ainda estão em competição na Liga espanhola, saíram mais cedo, não fazendo parte dos exercícios de finalização que ocuparam o treino no Jamor.
SÍMBOLOS LUSOS SÃO PROIBIDOS
A Federação Belga de Futebol informou que os adeptos portugueses que adquiriram bilhetes para sectores que não sejam aqueles destinados aos apoiantes da equipa das quinas não poderão ostentar símbolos portugueses.
Segundo um porta-voz daquele organismo, em declarações à Lusa, este impedimento é encarado como “uma situação perfeitamente normal e que está mesmo prevista na lei belga”.
Ainda segundo o mesmo porta-voz, esta medida pretende apenas evitar eventuais problemas de segurança, sendo certo que as cerca de 12 mil pessoas que já garantiram bilhetes para o sector destinado aos adeptos portugueses terão “naturalmente todo o direito de levar bandeiras e cachecóis da selecção de Portugal”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)