Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Ronaldo confiante no sucesso de Portugal no Euro 2020 vai “jogar para ganhar”

Para o capitão da Seleção, se Portugal estiver “ao melhor nível” podemos conquistar o título. Afinal, “somos campeões da Europa”.
Paulo João Santos 11 de Junho de 2021 às 09:09
Cristiano Ronaldo recorda que a seleção nacional joga “sempre para ganhar”
Cristiano Ronaldo recorda que a seleção nacional joga “sempre para ganhar”
Cristiano Ronaldo recorda que a seleção nacional joga “sempre para ganhar”
Cristiano Ronaldo recorda que a seleção nacional joga “sempre para ganhar”
Cristiano Ronaldo recorda que a seleção nacional joga “sempre para ganhar”
Cristiano Ronaldo recorda que a seleção nacional joga “sempre para ganhar”
"Não vale a pena, nem adianta, estar a prometer títulos, nem a fazer prognósticos. Aquilo que posso prometer é que vamos entrar em todos os jogos para ganhar”, garante Cristiano Ronaldo, em entrevista à revista ‘360’, da Federação Portuguesa de Futebol. “As expectativas são elevadas porque a seleção nacional tem feito por isso. Vencemos dois títulos muito importantes nos últimos anos e isso traz responsabilidade. Jogamos sempre para ganhar. Não é só de agora, sempre foi assim em todas as gerações”, reconheceu o capitão da seleção nacional, manifestando o desejo de ver a equipa chegar à final de Wembley.

Sobre os adversários no Grupo F, Hungria, França e Alemanha, por muitos considerado o grupo da morte, Ronaldo não vê razões para ficarmos intimidados. “São estes adversários que nos calharam e é contra estes que vamos jogar. Respeitamos todas as seleções. Estamos numa fase final de um Europeu, não há jogos fáceis”, afirmou. Para CR7, Portugal é uma equipa com qualidade e capacidade para dar uma boa resposta na competição, que esta sexta-feira se inicia, desde que esteja ao “melhor nível”.

“Somos uma equipa com muita qualidade, atuais campeões da Europa e vencedores da primeira edição da Liga das Nações, ninguém pode esquecer isso”, reforçou.

A mesma motivação que na estreia em 2004
“Estou neste Euro 2020 como se fosse o primeiro. Sinto-me tão ou mais motivado do que em 2004, no meu primeiro Campeonato da Europa. Somos os campeões em título e fazemos novamente parte do lote de candidatos à conquista do troféu”, disse Ronaldo, que completou em fevereiro 36 anos de idade. “Apesar de haver muitos jovens [na seleção portuguesa], nota-se que a grande maioria deles já tem uma experiência internacional importante, ao jogar nos melhores campeonatos da Europa”, acrescentou em entrevista à revista ‘360’, da Federação.

O pior livre direto da carreira de CR7
Já é considerado o pior livre direto da carreira de Cristiano Ronaldo. Decorria o minuto 40 do particular Portugal-Israel, que decorreu quarta-feira no Estádio de Alvalade (4-0). O capitão tira as medidas à baliza, sob o olhar atento de Bruno Fernandes. É um livre ao jeito de CR7, ligeiramente descaído para a esquerda, a bola está colocada entre 25 e 30 metros. Ronaldo respira fundo e parte para a bola. Sai tão ao lado e tão alta que a televisão tem dificuldade em seguir o movimento do esférico. Uma imagem que está a correr o Mundo.
Wembley Cristiano Ronaldo Portugal Federação Portuguesa de Futebol CR7 Europa desporto futebol
Ver comentários