Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Ucrânia forçada a mudar a camisola devido a polémica com a Rússia

UEFA proíbe inscrição “glória aos nossos heróis” na gola.
João Moniz 11 de Junho de 2021 às 09:08
Símbolo alusivo à Crimeia foi autorizado
Símbolo alusivo à Crimeia foi autorizado FOTO: EPA
Decisão salomónica. A UEFA resolveu o diferendo entre Ucrânia e Rússia por causa dos equipamentos que os ucranianos queriam utilizar durante o Europeu, não dando totalmente razão a nenhuma das partes.

Começando pelo princípio. A Rússia queixou-se formalmente pelo facto de na gola da camisola ucraniana surgirem duas inscrições: "glória aos nossos heróis" e "glória à Ucrânia". A primeira foi retirada de um cântico patriótico associado ao levantamento da praça Maidan, em 2014, que levou à queda do presidente Viktor Ianukovitch. Daí que a UEFA não a tenha autorizado, por ter "claramente uma natureza política", o que não é permitido pelos regulamentos do organismo.

Já a segunda frase foi permitida, tal como a utilização na camisola de um símbolo alusivo à Crimeira, região antes ucraniana que a Rússia anexou unilateralmente em 2014.
Rússia Ucrânia UEFA política Euro 2020
Ver comentários