Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Ronaldo carrega seleção

Craque volta a arrasar com um bis e com a assistência para o golo de André Silva, frente à Letónia.
Mário Figueiredo 10 de Junho de 2017 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Ronaldo carrega seleção
Cristiano Ronaldo carregou ontem a Seleção portuguesa para mais um triunfo rumo à qualificação para o Mundial da Rússia do próximo ano. Bisou e assistiu André Silva no 3-0 frente à Letónia.

Com um final de época fenomenal (soma 16 golos nos últimos 10 jogos), Cristiano Ronaldo vestiu o fato-macaco. Arregaçou as mangas e construiu o resultado. Liderou pelo exemplo. E que exemplo.

O pulmão e a organização da Letónia acabaram por surpreender Portugal. As linhas cerradas dificultavam e o porte físico condicionava as ações ofensivas da equipa de Fernando Santos.

CR7 assumiu então as rédeas do jogo. Pela frente teve um grande opositor, o guarda-redes Vanins, que lhe negou mais dois golos (aos 23 e 36 minutos) e evitou mesmo uma goleada escandalosa.

Adivinhava-se o golo, que chegou aos 41 minutos pelo inevitável Ronaldo. André Gomes cruzou para o cabeceamento de José Fonte ao poste e CR7 não perdoou e colocou nas redes.

Fernando Santos respirava de alívio e a equipa foi para o intervalo com uma vantagem justa.

Na etapa complementar, os letões obrigaram Patrício a uma bela defesa, mas o perigo ficou por aí. Só dava Portugal e CR7.
A entrada de Quaresma trouxe mais um golo. Solicitado por Cédric, assistiu CR7 no 2-0.

A Letónia acusou o golo. A Seleção Nacional não baixou o ritmo e André Silva tirou um golo da cartola. Pressionou o central Gorkss numa saída de bola, deu para William Carvalho que entregou a Ronaldo. O melhor do Mundo percebeu o esforço e entregou para o jovem avançado fechar o resultado.

O estádio estava rendido ao talento de CR7. E o jogo até foi interrompido, quando uma criança furou a segurança e foi agarrar-se a Ronaldo. Venha a Taça das Confederações.

-----

Análise do jogo

Positivo: Dupla CR7-André Silva
São os abonos da Seleção. CR7 somou o seu 11 golo em cinco jogos na qualificação para o Mundial. No total tem 73 golos pela equipa das quinas. Já André Silva soma seis golos em seis jogos no apuramento.  

Negativo: Quaresma
É um jogador de eleição e determinante. Entrou, agitou o jogo e assistiu Cristiano Ronaldo no segundo golo. Temperamental, acabou por ver um amarelo já nos descontos ao dar um pontapé num adversário.  

Arbitragem: Arbitragem segura
Uma arbitragem segura de Estevan Kovaks. Não se deixou influenciar pelos protestos de Cristiano Ronaldo, nomeadamente num fora de jogo bem assinalado e numa alegada falta na grande área. A verdade é que nenhuma das equipas complicou o seu trabalho. Arbitragem positiva.

-----

Análise dos jogadores

Cristiano Ronaldo - 
Impressionante. Carrega a equipa às costas. Foi o mais perigoso, apontou dois golos e ofereceu o terceiro. Mais uma exibição de luxo rumo à quinta Bola de Ouro.
Rui Patrício – Grande defesa a remate de Laizans. De resto uma noite tranquila.
Cédric – Procurou os desequilíbrios com cruzamentos para a área. Iniciou a jogada do segundo golo.
Bruno Alves – Uma hesitação, mas mostrou-se seguro a defender. Tem um cabeceamento perigoso.
José Fonte – Mais interventivo a defender e a atacar. É ele quem cabeceia ao poste no lance do primeiro golo.
Raphael Guerreiro – Tal como Cédric, optou pelo jogo vertical. Sempre com André Silva como referência.
William Carvalho – Forte e seguro. Esteve na jogada do terceiro golo. Tem de melhorar passes de longa distância.
João Moutinho – Não se dá por ele, mas está em todas.
Gelson Martins – Entrou com garra e determinação. Muito pressionante e forte nas jogadas de um contra um.
André Gomes – É ele quem cruza para José Fonte rematar ao poste no lance do 1-0. Boas combinações com Ronaldo.
André Silva – Referência na área. Lutador e trabalhador incansável. Viu o esforço premiado com um golo após jogada de insistência.
Quaresma – Irreverente como sempre. Assistiu Ronaldo no segundo golo. Temperamental, viu um amarelo desnecessário nos descontos.
Nélson Semedo – Trouxe profundidade, mas a equipa já geria o resultado.
Nani – Agitou.

Ver comentários