Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Benfica obrigado a pagar 50 milhões

Passivo consolidado da SAD dos encarnados ascende a 449,2 milhões.
Octávio Lopes 6 de Dezembro de 2014 às 12:45
Luís Filipe Vieira com Domingos Soares Oliveira
Luís Filipe Vieira com Domingos Soares Oliveira FOTO: Miguel Barreira

O Benfica tem de pagar, até ao final deste mês, um empréstimo obrigacionista no valor de 50 milhões de euros, tal como consta no último Relatório e Contas da SAD.

No mesmo documento, enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) no dia 28 de novembro, a SAD das águias informa, ainda, que o "empréstimo por obrigações não convertíveis designado por Benfica SAD outubro 2014, no montante de 35 milhões de euros, encontra-se reembolsado, tendo sido emitido um novo programa de papel comercial no montante de 30 milhões de euros".

Sobre esta operação, a sociedade encarnada não avançou quem ficou com o "papel comercial". Além destes dois empréstimos, no decorrer de 2015, a SAD das águias terá igualmente de continuar a amortizar uma dívida ao Novo Banco que ascende a 82,490 milhões de euros. Segundo soube o Correio da Manhã, em causa está um empréstimo que se renova trimestralmente. A última amortização foi feita em outubro e a próxima será em janeiro de 2015.

A Benfica SAD adiantou, também, que o "ativo consolidado" da sociedade no dia "30 de setembro de 2014 ascende a 441,8 milhões de euros, o que representa uma variação de 0,3 por cento face ao final do exercício de 2013/2014". Já em relação ao "passivo consolidado", pode ler-se no Relatório e Contas da SAD que a "30 de setembro de 2014 equivale a 449,2 milhões de euros, mantendo-se idêntico ao valor apresentado no final do exercício anterior".

Benfica Comissão do Mercado de Valores Mobiliários CMVM Benfica SAD Novo Banco Correio da Manhã SAD desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)