Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

A história do homem que morreu em 2016 mas é o 'único adepto' no Valência - Atalanta que se joga à porta fechada

Perdeu a visão mas não deixou de acompanhar os jogos do clube. Foi homenageado com uma estátua.
Iúri Martins 10 de Março de 2020 às 20:09
Estátua Vicente Navarro, Mestalla, Valência
Estátua Vicente Navarro, Mestalla, Valência
Estátua Vicente Navarro, Mestalla, Valência
Estátua Vicente Navarro, Mestalla, Valência
Estátua Vicente Navarro, Mestalla, Valência
Estátua Vicente Navarro, Mestalla, Valência
Vicente Navarro morreu em 2016 mas foi imortalizado com uma estátua em sua homenagem nas bancadas do Mestalla, estádio do Valência, em Espanha.

Devido ao coronavírus, o jogo da Liga dos Campeões desta terça-feira entre Valência e Atalanta disputa-se à porta fechada. O 'único adepto' presente no estádio será Vicente Navarro, imortalizado com a estátua.

O adepto que tudo deu pelo clube, sócio número 18 do emblema valenciano, era detentor de lugar de época no Mestalla e nem mesmo depois de perder a visão, aos 54 anos, deixou de ir ao futebol.

Vicente Navarro manteve o lugar anual e decidiu passar a levar o filho a cada partida para lhe relatar o encontro.

Em 2019, o Valência decidiu então homenagear o adepto e colocou no seu lugar uma estátua em bronze, gesto que emocionou a família de Vicente Navarro.
Valência Vicente Navarro Mestalla Espanha Atalanta desporto futebol coronavírus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)