Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Adeptos do V. Guimarães que invadiram relvado durante jogo com FC Porto proibidos de entrar em recintos desportivos

Proibição em vigor durante um ano. Terão ainda de pagar 200 euros a uma instituição de solidariedade social.
Lusa e Sérgio Pereira Cardoso 23 de Janeiro de 2020 às 19:07
Desacatos com adeptos do V. Guimarães em Braga
Desacatos com adeptos do V. Guimarães em Braga FOTO: Marc Ricardo Silva

Dois adeptos que na quarta-feira invadiram o relvado durante o jogo de futebol, em Braga, entre o Vitória de Guimarães e o FC Porto ficaram proibidos de aceder a recintos proibidos durante um ano, anunciou esta quinta-feira a PSP.

Em comunicado, a PSP acrescenta que cada um terá ainda de pagar 200 euros a uma instituição de solidariedade social.

Segundo a PSP, estas foram as injunções propostas pelo Ministério Público para a suspensão provisória dos processos dos adeptos.

Os adeptos, de 21 e 33 anos e afetos ao Vitória, foram detidos no Estádio Municipal de Braga, por invasão do recinto, quando aquele clube e o FC Porto disputavam a segunda meia-final da Taça da Liga. A invasão aconteceu após o golo de Tapsoba. Os dragões acabariam por vencer a partida por 2-1, a contar para as meias-finais da Taça da Liga.

A situação ocorreu nos festejos do tento inaugural do encontro. Os apoiantes vitorianos foram presentes a tribunal e o Ministério Público propôs, para cada um deles, "a suspensão provisória do processo e a proibição pelo período de 1 ano de acesso a recintos desportivos, bem como o pagamento de 200 euros a uma Instituição de Solidariedade Social".

V. Guimarães Vitória de Guimarães PSP FC Porto Estádio Municipal de Braga Vitória desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)