Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Águia caça com gatos

Benfica com cinco avançados impossibilitados de jogarem hoje com o Besiktas na Luz.
Mário Figueiredo 13 de Setembro de 2016 às 01:57
O treinador do Benfica Rui Vitoria
O treinador do Benfica Rui Vitoria FOTO: Pedro Ferreira/Record
O Zé Gomes tem vindo a trabalhar bem, o processo foi acelerado, mas por vezes as coisas acontecem assim. De qualquer forma, é mais um exemplo da qualidade dos jogadores do Benfica. Está convocado e é um jogador com o qual eu conto", foi desta forma que Rui Vitória manifestou a confiança no jovem avançado de 17 anos que hoje (19h45) se pode estrear na Liga dos Campeões, frente ao Besiktas, na Luz, devido às lesões de Jonas, Mitroglou, Jiménez, Jovic e até Rafa, que tinha jogado no ataque com o Arouca.

Apesar dos sete lesionados no plantel benfiquista, cinco avançados, o técnico das águias manteve um discurso de confiança e moralizador para um ataque que deverá ser composto por Gonçalo Guedes e Zé Gomes. Aliás, este último jogou os últimos minutos na vitória frente ao Arouca (2-1), tornando-se no terceiro jogador mais jovem de sempre a estrear-se pelas águias atrás de Hugo Leal (16 anos, em 1996/97) e Chalana (17 anos e 27 dias em 1976).

Rui Vitória, que não estará no banco por ter sido expulso na época passada no jogo com o Bayern Munique dos ‘quartos’, minimizou mais este handicap. "É evidente que gostaria de estar lá dentro, mas tenho a consciência de que a equipa técnica está preparadíssima e os jogadores vão saber exatamente o que fazer", disse, revelando também que a equipa não pode estar "agarrada ao passado".

"O foco está nesta época e em novos desafios. Queremos ganhar o jogo seguinte. Estamos num grupo equilibrado, qualquer equipa pode passar ou ficar pelo caminho. O objetivo é passar a fase de grupos, mas primeiro que tudo é ganhar este jogo com o Besiktas", acrescentou o técnico.

Já sobre a possibilidade de uma equipa portuguesa ganhar a Champions, Rui Vitória revelou ambição. "Não digo que será fácil, impossível não será, mas sobretudo é preciso acreditar que é sempre possível fazer algo de positivo", salientou, revelando: "Temos de reconhecer que os clubes portugueses têm feito coisas interessantes, se compararmos o investimento com o rendimento."
águia benfica futebol desporto Champions
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)