Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Ansu Fati sem requisitos para representar seleção portuguesa após ter adquirido nacionalidade espanhola

Jovem de 16 anos do Barcelona nasceu na Guiné-Bissau.
Pedro Carreira 21 de Setembro de 2019 às 14:53
Ansu Fati
Ansu Fati
Ansu Fati
Ansu Fati
Ansu Fati
Ansu Fati
Ansu Fati não pode representar a seleção portuguesa de futebol, ao contrário do que foi divulgado nos últimos dias. O jogador do Barcelona, nascido na Guiné-Bissau, naturalizou-se espanhol esta sexta-feira.

O jovem de 16 anos não reúne as condições de elegibilidade para jogar por Portugal. Esses requisitos são: nascer em território nacional, ter um dos pais ou um dos avós nascido no nosso país ou estar cinco anos consecutivos em solo português depois dos 18 anos. A FIFA admite exceções a jogadores com o estatuto de refugiado.

Este esclarecimento surge na sequência de várias notícias que davam conta da possibilidade de o extremo ser opção para as seleções nacionais. Essa era mesmo a vontade do jogador, segundo o pai, Bori Fati, que viveu durante vários anos em Lisboa e no Algarve.

Neste arranque de época, Ansu Fati tem sido um dos destaques da equipa principal do Barcelona. Soma dois golos em três jogos no campeonato espanhol.
Barcelona Ansu Fati Guiné-Bissau desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)