Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Argentina arrasada após goleada

Desempenho frente a Espanha alvo de duras críticas.
Filipe António Ferreira 29 de Março de 2018 às 08:28
Argentina
Argentina
Argentina
Argentina
Argentina
Argentina
Argentina
Argentina
Argentina
Vergonha Mundial", "Catástrofe", "Faltam três Messis", "Humilhação em Madrid" foram alguns dos títulos da imprensa mundial após a goleada imposta pela Espanha à Argentina (6-1).

Nem mesmo Lionel Messi, que não esteve na humilhação espanhola devido a problemas físicos, escapou às críticas. No seu país foram muitos os que apontaram o dedo ao craque do Barcelona por ter saído da bancada (onde assistia), depois do 6-1 e quando faltavam ainda 16 minutos para o final.

Jorge Valdano, antigo internacional argentino, veio a público lamentar a "pobre exibição" da sua seleção, deixando um aviso: "O jogo foi uma catástrofe, o resultado foi terrível e a seleção irá viver um calvário até ao início do Mundial".
Já o antigo astro Diego Armando Maradona colocou alguma água na fervura. "Neste momento único, só nos resta melhorar. Vamos Argentina, sempre!", escreveu 'El Pibe' nas redes sociais.

Num jogo que teve o espanhol Isco - autor de três golos - como herói, outro alvo da ira argentina foi o avançado Higuaín. O jogador do Nápoles foi crucificado por ter falhado um golo à boca da baliza, quando o resultado ainda estava 0-0. O peso e a barriga do argentino voltaram a ser o alvo dos internautas.

Curiosamente as opções do selecionador Jorge Sampaoli acabaram por ser menos contestadas do que seria esperado.
Do lado espanhol, ontem foi conhecido um vídeo em que Julen Lopetegui, selecionador de Espanha, pedia ao árbitro para acabar com o encontro, devido à violência dos jogadores argentinos, depois do 6-1.
Ver comentários