Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Bas Dost salva leões

Holandês bisou numa primeira parte de elevado nível, mas o Sporting terminou o jogo em dificuldades.
Mário Figueiredo 9 de Janeiro de 2017 às 03:00
Bas Dost
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
Bas Dost
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
Bas Dost
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
As melhores imagens do Sporting - Feirense
O Sporting venceu este domingo o Feirense com dois golos de Bas Dost numa primeira parte de luxo, mas permitiu um golo na segunda metade e terminou a partida em sofrimento.

Com Jorge Jesus na bancada, castigado preventivamente pela expulsão em Setúbal, os leões entraram em campo com Bruno César a defesa-esquerdo, Paulo Oliveira fez dupla de centrais com Coates e Alan Ruiz jogou no apoio a Bas Dost.

Uma equipa segura e a impor grande dinâmica desde os minutos iniciais. Alan Ruiz e Joel Campbell mostraram talento e desequilibraram o jogo a favor dos leões. Bas Dost limitou-se a agradecer as assistências para golo.

A resistência do Feirense durou cinco minutos. Uma triangulação entre Campbell e Bruno César permitiu ao costa-riquenho servir Bas Dost, que se limitou a encostar para o 1-0.

Os leões sacudiam a pressão e os traumas provocados pela eliminação da Taça da Liga. Com um futebol fluido, privilegiando a circulação de bola, o Sporting encostou o Feirense às cordas. Alan Ruiz parecia justificar finalmente o estatuto de reforço. Um passe a rasgar a defesa adversária encontrou Bas Dost na área. E o holandês ontem estava letal. Novo golo.

O Feirense tentou reagir e Luís Machado ficou a pedir um penálti, quando foi afastado por Coates dentro da área leonina. Contudo, o Sporting tinha o jogo controlado. Até que uma entrada violenta de Luís Aurélio lesionou Adrien Silva. Elias não se mostrou à altura do capitão, revelando falta de consistência.

Com uma vantagem de dois golos, os leões surgiram anestesiados para a segunda parte. O Feirense cresceu e os leões tremeram. Bruno César deixou Platiny sem marcação e este reduziu para 2-1. Os aplausos transformaram-se em assobios e o leão sofreu até ao fim, apesar de a melhor ocasião de golo ter sido de Bryan Ruiz, que falhou um chapéu a Vaná.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)