Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Benfica acusado por Rui Pinto de ser 'polvo de influência' reage: "Necessidades de protagonismo”

Clube assegura que não é "ofendido ou lesado em nenhum" dos crimes pelos quais o 'hacker' vai ser julgado.
Correio da Manhã 2 de Setembro de 2020 às 22:13
Rui Pinto
Rui Pinto

O Benfica reagiu esta quarta-feira à noite às acusações de Rui Pinto, criador do Football Leaks e pirata informático também responsável pela divulgação do escândalo Luanda leaks, que afirmou que o clube da luz era "um polvo de influência", defendendo que os responsáveis encarnados "pensam que dominam o país". O clube das águias afirma que não vai alimentar "necessidades de protagonismo ou de defesa", que atribui ao jovem português, que começará esta sexta-feira a ser julgado por mais de 90 crimes no âmbito do processo Football Leaks.

"Sport Lisboa e Benfica foi hoje novamente visado, desta vez publicamente, por Rui Pinto, que entendeu levantar suspeitas relacionadas com uma deslocação do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Hungria ao Estádio da Luz, no verão de 2019, ao mesmo tempo que as autoridades portuguesas enviavam às autoridades húngaras um pedido para alargar o mandado de detenção europeu que lhe foi aplicado no âmbito do processo-crime cujo julgamento se iniciará no próximo dia 4", lê-se no comunicado enviado aos sócios pelo Benfica.

O clube recorda que "não ocupa qualquer posição processual no referido processo-crime onde foi emitido o mandado de detenção europeu e defende que não é "ofendido ou lesado em nenhum" dos crimes sobre os quais Rui Pinto vai ser julgado.

"Basta este simples facto para se concluir que não há qualquer fundamento na insinuação hoje soprada por Rui Pinto", afirma o clube.

"Rui Pinto, e os seus assessores jurídicos, saberão o caminho e a campanha que escolhem para fazer a sua defesa, jurídica ou mediática, no âmbito do referido processo. O Sport Lisboa e Benfica não está disponível para lhes dar guarida nessa campanha, nem alimentará as necessidades de protagonismo ou de defesa de quem quer que seja", termina o clube, adiantando que a mensagem servirá para eventuais declarações que Rui Pinto possa proferir no âmbito do julgamento, que começa esta sexta-feira.

No âmbito do julgamento de Rui Pinto, a equipa de advogados do ‘hacker’ arrolou 45 testemunhas, nas quais se inclui Edward Snowden, o famoso norte-americano delator da NSA que também trabalhou como administrados de sistemas na CIA.

Sport Lisboa e Benfica Rui Pinto Football Leaks Luanda desporto futebol
Ver comentários