Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Bruno de Carvalho que expulsar do Sporting Pereira Cristóvão e João Paiva dos Santos

Presidente dos leões que expulsar sócios que acusa de desestabilizarem o clube, ao serviço do Benfica.
Lusa 17 de Abril de 2017 às 14:44
Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho
Paulo Pereira Cristóvão
O empresário Paulo Paiva dos Santos, numa foto que o próprio partilhou nas redes sociais
Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho
Paulo Pereira Cristóvão
O empresário Paulo Paiva dos Santos, numa foto que o próprio partilhou nas redes sociais
Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho
Paulo Pereira Cristóvão
O empresário Paulo Paiva dos Santos, numa foto que o próprio partilhou nas redes sociais
O presidente do Sporting anunciou hoje o pedido de instauração de um processo disciplinar ao antigo vice-presidente do clube Paulo Pereira Cristóvão e a João Paiva dos Santos, acionista da SAD 'leonina'.

"No documento em anexo podemos ver um dito sportinguista, João Paiva dos Santos, a coordenar-se com Pedro Guerra sobre o tal pedido de auditoria que apenas serviu para me atacar e ao Sporting, e que foi sempre uma manobra da mais pura e desavergonhada desonestidade intelectual. Pessoalmente irei pedir ao Conselho Fiscal e Disciplinar do clube a abertura de um processo com vista à expulsão de sócio, assim como reforçar o mesmo pedido sobre o seu assessor, Paulo Pereira Cristóvão", escreveu Bruno de Carvalho, na sua página oficial no Facebook.

Na mesma mensagem, o presidente 'leonino' denuncia a "intromissão do Benfica na vida interna do Sporting", para destabilizar o clube, acrescentando que "está na altura de começar a denunciar, com documentos, para provar como no Benfica tudo se faz e tudo serve para jogos de bastidores, e como (eu já tinha alertado) existem sportinguistas que devem ser expurgados".

"Não podemos admitir mais este tipo de sportinguistas que são capazes de vender a alma ao diabo para ver satisfeitos os seus interesses com total prejuízo do Sporting Clube de Portugal", rematou.

Em fevereiro último, o Sporting recusou reunir com João Paiva dos Santos, dada a presença do antigo vice-presidente do clube Paulo Pereira Cristóvão.

João Paiva dos Santos chegou a anunciar a candidatura à presidência do Sporting para as eleições de março de 2013, tendo abdicado a favor de José Couceiro, que foi derrotado por Bruno de Carvalho.

O empresário e acionista da SAD tem defendido a realização de uma auditoria externa à gestão do atual presidente do Sporting.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)