Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Bruno Lage confia no plantel das águias: "Não atirámos ninguém para a fogueira"

Técnico não quer ouvir falar em reforços mas reafirma que pretende um grupo “curto e competitivo”.
Filipe António Ferreira 6 de Dezembro de 2019 às 08:35
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage

Não atirámos ninguém para a fogueira. Demos a oportunidade a toda a gente que tem trabalhado connosco para jogar, para se mostrar ao treinador e aos adeptos, para mostrar que estão disponíveis", disse esta quinta-feira Bruno Lage sobre o facto de ter lançado jogadores menos utilizados diante do Sp. Covilhã (1-1), para a Taça da Liga, casos de Samaris e Zivkovic, entre outros.

Na antevisão do jogo desta sexta-feira com o Boavista, feita na Covilhã, onde os encarnados estagiaram, o técnico deu o exemplo de Taarabt para justificar as apostas: "Querem oportunidade mais difícil do que aquela que foi dada a Taarabt? Estamos empatados em casa com o Tondela, o treinador arrisca com o Adel e ele tem 20 minutos para provar que agora conta depois dos dois ou três anos que desperdiçou". Depois deu a sua própria história de vida: "Fiz pela vida para agarrar a minha oportunidade. Tive um primeiro jogo com o Rio Ave, um segundo jogo com o Santa Clara… Tive de preparar-me durante muitos anos. Quando tive a oportunidade, era minha e não podia fugir. O mesmo se passa com os jogadores."

Questionado sobre reforços na reabertura do mercado, Bruno Lage voltou a frisar que pretende um "plantel curto e competitivo" que dê possibilidades ao clube de "ser forte em todas as competições". "Teremos sempre de olhar para o mercado, mas há uma situação para a qual temos de olhar primeiro, que é para os 26 jogadores de campo que temos no plantel", disse. Já em relação às ausências de três titulares do lado axadrezado [ver peça ao lado], o técnico das águias afirmou: "O plantel do Boavista é muito equilibrado. Não vão estar esses, vão estar outros que estarão motivados para disputar o lugar e mostrarem ao treinador que também estão lá."

Lito com baixas importantes
Lito Vidigal tem três baixas importantes para o jogo desta sexta-feira com o Benfica, no Bessa. Ackah (castigado), Heriberto (emprestado pelas águias) e Mateus (lesionado) não podem defrontar o atual líder do campeonato.

O técnico está à espera de um adversário complicado apesar do empate na Covilhã (1-1 para a Taça da Liga): "Esperamos um adversário difícil. A nossa intenção é sempre respeitar o adversário mas não temer. Que todos deem o máximo, a equipa de arbitragem seja justa e que quem ganhe, ganhe com mérito, sem casos."

A realizar um campeonato muito positivo (axadrezados ocupam o 5º lugar com 18 pontos), Lito não quer pensar, pelo menos para já, em metas europeias.

"Assegurar a manutenção é o objetivo principal, a partir daí veremos o que poderemos fazer", salientou o técnico do Boavista, que no seu estádio só perdeu com o FC Porto (0-1) para a Liga.
Bruno Lage Taarabt Sp. Covilhã Boavista Zivkovic Samaris Covilhã Lito Vidigal Liga desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)