Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Bruno Lage: "Já são 20 anos a pensar pela minha cabeça"

Treinador do Benfica sublinha que não trabalha “a olhar para trás”, nem se desviará da estratégia do clube.
Sara Guterres 9 de Novembro de 2019 às 01:30
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
"Já são 20 anos a pensar pela minha cabeça." Foi desta forma que Bruno Lage, treinador do Benfica, justificou ontem as escolhas na Liga dos Campeões. "O que é importante, neste momento, é fechar o último jogo [com o Lyon, que o Benfica perdeu por 1-3] e seguir [em frente]", disse o técnico, na antevisão da partida de hoje, às 18h00, em casa do Santa Clara. 

Ainda sobre as críticas de que a equipa foi alvo após a deslocação a França, Bruno Lage deixou a garantia de que não se desviará da estratégia assumida pelo Benfica. "Se a cada derrota mudarmos o rumo do clube, nunca teremos nada preparado. Há uns anos, dizia-se que era quase impossível vencer o campeonato com uma equipa da formação e nós conseguimos. Agora, temos de dar o passo seguinte e fazer uma competição europeia à imagem da dimensão do clube, mas seguindo uma filosofia", explicou.

O Benfica chega a Ponta Delgada como líder da Liga, com 27 pontos, e Bruno Lage quer regressar a Lisboa na mesma posição. Ainda assim, antevê dificuldades: "Vamos jogar contra uma grande equipa, bem trabalhada e que tem feito um bom início de época. Temos de estar preparados, fazer um bom jogo e trazer os três pontos."

"Estamos cansados"
"Sabemos exatamente o que temos pela frente e vamos com as nossas armas. Queremos apresentar uma equipa forte e competitiva, para que consigamos contrariar o favoritismo do Benfica", disse ontem João Henriques, treinador do Santa Clara, na antevisão do jogo de hoje com a equipa benfiquista.

Sobre o possível desgaste físico do conjunto da Luz, o técnico dos açorianos não vislumbra qualquer vantagem para a turma insular: "Nós também estamos cansados. Dentro do nosso país fizemos muitos quilómetros, treinámos pouco, mas estamos prontos."

Ferro pode ser opção frente ao Santa Clara
"Sabemos exatamente o que temos pela frente e vamos com as nossas armas. Queremos apresentar uma equipa forte e competitiva, para que consigamos contrariar o favoritismo do Benfica", disse ontem João Henriques, treinador do Santa Clara, na antevisão do jogo de hoje com a equipa benfiquista.

Sobre o possível desgaste físico do conjunto da Luz, o técnico dos açorianos não vislumbra qualquer vantagem para a turma insular: "Nós também estamos cansados. Dentro do nosso país fizemos muitos quilómetros, treinámos pouco, mas estamos prontos."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)