Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Bruno Lage mantém 'onze' da Liga para jogo frente ao Zenit

Treinador vai manter a mesma equipa dos últimos jogos para tentar continuar nas provas europeias.
Filipe António Ferreira 9 de Dezembro de 2019 às 09:14
Bruno Lage é o treinador do Benfica
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage é o treinador do Benfica
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage é o treinador do Benfica
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage não deve mudar o onze dos últimos encontros no importante jogo desta terça-feira (20h00, TVI) do Benfica, em casa, com o Zenit (6ª e última jornada do grupo G da Champions), e que pode ditar o afastamento das águias das competições europeias esta temporada.

Face ao último jogo da Liga dos Campeões na Alemanha com o Leipzig (2-2), o técnico das águias só está obrigado a mexer numa posição: o lesionado André Almeida vai ceder o lugar ao jovem Tomás Tavares. O lateral-direito de 18 anos (que foi titular em quatro dos cinco jogos realizados na prova milionária) tem sido aposta de Bruno Lage desde a lesão do habitual dono da posição.

No meio-campo, a dupla Gabriel e Taarabt vai manter-se. Internamente, esta mudança tem sido apontada como um dos motivos para o bom momento das águias nos últimos jogos. A criatividade dos dois jogadores permite uma melhor saída de bola, o que acaba por traduzir-se num maior caudal ofensivo, resultando em muitos golos: oito nos dois últimos jogos do campeonato, diante de Boavista (4-1) e Marítimo (4-0).

Com a responsabilidade de fazer golos para manter viva a esperança de continuar nas provas europeias (sem hipóteses de seguir na Champions, transitar para a Liga Europa é a única alternativa), Carlos Vinícius, Chiquinho, Pizzi e Franco Cervi são as grandes esperanças de Bruno Lage para alcançar o resultado necessário [ver pormenores]. O avançado brasileiro, de 24 anos, está em grande forma: leva sete golos apontados nos últimos seis jogos.

Do outro lado estará o Zenit, que bateu as águias em casa por 3-1. A equipa russa chega à Luz ainda com possibilidades de estar nos oitavos de final da Champions e tudo fará para vencer os encarnados. A formação de São Petersburgo, que esta segunda-feira treina no palco do jogo de terça-feira, chega a Lisboa na máxima força.

Rafa sem previsão
Rafa Silva continua a recuperar de uma desinserção do tendão médio adutor à esquerda, mas o regresso aos relvados está longe de acontecer.

A previsão inicial era que o jogador poderia voltar quatro meses depois da lesão (a partir de fevereiro). Contudo, os primeiros dados indicam que o extremo pode reduzir, e muito, esse tempo de inatividade. Rafa já trabalha no relvado, mas regresso só acontecerá em 2020, muito provavelmente no final do mês de janeiro.

Seixal elogiado
O centro de estágio do Seixal mereceu uma ampla reportagem da ‘Marca’: "Máquina de criar jogadores e transferi-los depois". As instalações do clube, segundo o jornal, "são do melhor que há no planeta". "Academia do Sporting, onde se formaram os Bolas de Ouro portugueses dos últimos tempos, Ronaldo e Figo, era a escola de referência... até que o Benfica se converteu num exemplo."

PORMENORES
Contas do Benfica
Para estar nos 16 avos de final da Liga Europa e sem depender de terceiros, o Benfica precisa de vencer o Zenit por 2-0, ou por três golos de diferença, se também sofrer. Se o Lyon perder, basta uma vitória mínima diante do emblema russo.

Árbitro espanhol
Antonio Mateu Lahoz foi o escolhido pela UEFA para dirigir o Benfica-Zenit da Champions. O árbitro espanhol, de 42 anos, estará de regresso ao Estádio da Luz depois de ter dirigido o encontro com o Bayern Munique, em setembro de 2018 (derrota encarnada por 0-2).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)