Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Cajú vendeu troféus para comprar droga

Fez parte da seleção campeã do mundo em 1970.
18 de Abril de 2015 às 15:11
"Eu precisava da droga. Você perde a noção total do que está fazendo", disse Paulo Cézar Cajú
'Eu precisava da droga. Você perde a noção total do que está fazendo', disse Paulo Cézar Cajú FOTO: Direitos Reservados

O antigo futebolista brasileiro Paulo Cézar Cajú, que fez parte da seleção campeã do mundo em 1970, revelou este sábado que vendeu a medalha conquistada e a miniatura em ouro do troféu Jules Rimet para comprar cocaína.


"Eu precisava da droga. Você perde a noção total do que está fazendo. Você não tem equilíbrio", afirmou Cajú, de 65 anos, em entrevista à estação televisiva Globo.


O antigo médio ofensivo de Botafogo, Flamengo, Fluminense, Grémio de Porto Alegre e Marselha, que assegurou estar reabilitado há 15 anos, lamentou o seu comportamento: "Jamais eu teria de negociar e vender uma medalha tão preciosa! É uma perda enorme".

Paulo Cézar Cajú Jules Rimet
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)