Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Campeonato: Luta de golos

Com Benfica e FC Porto envolvidos de forma muito direta na luta pelo título, o campeonato poderá ter de ser decidido com recurso a uma alínea do artigo 17 do regulamento de competições.
Mário Pereira 16 de Abril de 2017 às 09:21
Brahimi e Samaris disputam a bola
Brahimi e Samaris disputam a bola FOTO: Pedro Simões
Com Benfica e FC Porto envolvidos num despique ombro a ombro na corrida ao título, ganha corpo a possibilidade de o campeonato se resolver pela diferença de golos. Isso acontece, naturalmente, se ambas as equipas chegarem ao final da última jornada com o mesmo número de pontos.

Segundo o regulamento das competições da Liga, o primeiro fator de desempate, quando duas equipas terminam a Liga empatadas, tem a ver com os resultados nos jogos entre ambas. Vantagem, é claro, para o emblema que nesse duplo confronto somar mais pontos. Acontece que Benfica e FC Porto empataram os dois encontros realizados entre si pelo mesmo resultado (1-1). O que desde logo anula as três primeiras alíneas do artigo 17 do aludido regulamento de competições, inclusivamente na questão dos golos marcados fora de casa.

Desta forma, terá de se recorrer à alínea d), ou seja, que estipula que o desempate é feito pela maior diferença entre o número dos golos marcados e o número de golos sofridos pelos clubes nos jogos realizados em toda a competição. Ainda assim, a igualdade poderá subsistir, pelo que tudo está previsto, até a realização de um jogo extra entre as duas equipas, com recurso à marcação de pontapés da marca de grande penalidade. Isso mesmo, o título de campeão pode ser atribuído por penáltis. Hipótese, obviamente, muito remota. Mas possível.

Na história do campeonato português houve sete ocasiões em que duas equipas chegaram ao final da competição empatadas. A última delas aconteceu na época 1977/78, e o braço de ferro foi travado entre Benfica e FC Porto. Agora, 39 anos depois, a história pode repetir-se.

Sporting ganha o campeonato do pirolito  

Em 1948, o campeonato foi decidido com recurso aos resultados entre Benfica e Sporting. Vantagem para os leões, que ganharam 4-1 num jogo e perderam 3-1 no outro. Diferença de um golo, portanto. Ficou conhecido por campeonato do pirolito (popular bebida gasosa da época, que oferecia um berlinde).
Benfica Liga FC Porto desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)