Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Casa Pia de regresso à I Liga 83 anos depois

Golo de Derick Poloni, nos descontos, abriu caminho aos festejos pretos e brancos.
Lusa 15 de Maio de 2022 às 13:15
Casa Pia
Casa Pia FOTO: José Gageiro/Movephoto
O Casa Pia assegurou este domingo a subida à I Liga de futebol, como só acontecera há 83 anos, após vencer na visita ao Leixões, por 5-1, na última jornada da II Liga, num jogo decidido em seis minutos.

Os gansos, que integraram a primeira edição do denominado Campeonato Nacional da Primeira Divisão, em 1938/39, foram segundos, com 68 pontos, e voltam a marcar presença nos principais palcos do futebol português, 83 anos depois, no final de uma época em que só foram batidos pelo Rio Ave, com 70.

A formação vila-condense sagrou-se campeã na receção ao Desportivo de Chaves (vitória por 3-0), equipa que ficou em terceiro, com 64, mas que ainda pode almejar a subida por via do 'play-off'.

O jogo marcava a despedida do campeonato e havia o interesse acrescido por influenciar o pódio da prova, com o lugar mais baixo a obrigar a 'play-off' frente ao 16.ª da I Liga, o Moreirense.

Com os olhos no relvado e ouvidos em Vila do Conde, no jogo entre os concorrentes diretos Rio Ave e Desportivo de Chaves, os cerca de 200 adeptos casapianos presentes no estádio, em rigor, apenas sentiram alguma ansiedade nos primeiros minutos, com alguns passes errados, mas logo iniciaram a festa.

Zach inaugurou o marcador aos 10 minutos, na sequência de um canto, e dois minutos volvidos, João Vieira, de regresso ao 'onze', fez o segundo, num remate cruzado de levantar o estádio.

Se dúvidas existissem sobre o vencedor, Jota acabou por as desfazer, finalizando uma transição perfeita, a três toques, aos 16. O mesmo jogador, melhor marcador dos gansos no campeonato em toda a época, 'bisou', aos 39, com um desvio de cabeça ao primeiro poste, após um canto estudado.

A reação do Leixões surgiu de forma mais vincada no segundo tempo, face a um Casa Pia confortável e mais preocupado em gerir o resultado, logrando reduzir a desvantagem na cabeça de Léo Bolgado, aos 61 minutos, após várias ameaças.

O golo de Derick Poloni, nos descontos, abriu caminho aos festejos anunciados e que, merecidamente, tiveram as cores do Casa Pia.

Casa Pia Rio Ave Mar Chaves I Liga Desportivo II Liga Leixões desporto futebol
Ver comentários
}