Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

“Cheguei a pensar que havia muito Enzos...”: Pinto da Costa ironiza com o tempo de antena dado à venda do argentino

Presidente do FC Porto explica por que razão não houve entradas nem saídas na equipa.
Mário Pereira 3 de Fevereiro de 2023 às 07:51
Pinto da Costa diz que os cartões a Sérgio Conceição são “questão para aprofundar”
Pinto da Costa diz que os cartões a Sérgio Conceição são “questão para aprofundar” FOTO: josé gageiro/movephoto
Pinto da Costa falou de Enzo Fernández em sentido irónico para explicar a razão pela qual o FC Porto não fez qualquer movimentação de mercado no mês de janeiro. “Entendemos, e o treinador já o disse, que o grupo é forte e bom. Não havia necessidade de estar a mexer. Quanto aos outros não acompanhei bem. Tentei ver num canal as movimentações, mas durante uma hora só falaram do Enzo. Até cheguei a pensar que havia muitos Enzos e que cada clube tinha vendido um e comprado outro”, disse o presidente do FC Porto à margem da inauguração de um hotel no Porto.

Pinto da Costa foi ainda confrontado com o facto de Sérgio Conceição ter sido expulso pela 22.ª vez em Portugal, em contraponto com jogos europeus. “É uma coisa que vocês devem aprofundar. São os técnicos da informação. Não é assunto que vá discutir em público.”

Atirou ainda uma bicada a Frederico Varandas, pelas declarações do presidente do Sporting no final da Taça da Liga, na qual criticou a arbitragem. “A única coisa que me chocou foi que houvesse sala para a imprensa e tenha chamado alguns jornalistas à garagem para dizer o que disse e não dar direito a perguntas.”

O presidente do FC Porto não confirmou o ingresso de Fran Navarro (avançado do Gil Vicente) no final da época.
Enzo Fernández Costa FC Porto Porto desporto futebol
Ver comentários
C-Studio