Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Christian Eriksen pode voltar a jogar pela seleção dinamarquesa no Mundial2022

Jogador, que testou positivo ao coronavírus na semana passada, foi convocado para a formação dinamarquesa.
Lusa 23 de Março de 2022 às 16:27
Christian Eriksen
Christian Eriksen FOTO: Reuters
O selecionador da Dinamarca, Kasper Hjulmand, anunciou esta quarta-feira que o médio Christian Eriksen, que testou positivo ao coronavírus na semana passada, pode voltar a jogar pela seleção dinamarquesa de futebol, após a paragem cardiorrespiratória sofrida no Euro2020.

O jogador do Brentford foi convocado para a formação dinamarquesa que irá disputar os jogos de preparação para o Mundial2022 frente aos Países Baixos (26 de março) e Sérvia (29 de março), mas, ao ter sido infetado com o coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19, esteve impedido de se juntar aos colegas de seleção.

Hjulmand deixou aberta a possibilidade de Eriksen participar nos jogos da equipa, apesar de só poder integrar o estágio dos nórdicos a partir da noite desta quarta-feira, treinando apenas na quinta-feira, segundo informações fornecidas pela Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU).

"O mais provável é que ele comece no banco contra os Países Baixos e depois veremos como corre em Amesterdão. Mas ele está 100% disponível para jogar em casa contra a Sérvia", disse Kasper Hjulmand, em conferência de imprensa.

O treinador revelou que a utilização do médio de 30 anos está dependente de uma avaliação por parte da equipa técnica, de modo a perceber o atual estado físico do atleta, que já leva no currículo 109 internacionalizações e 39 golos pela seleção. 

"Só temos de perceber exatamente o que fez em Brentford, onde começou a treinar novamente, no domingo. Antes disso, ele tinha perdido quatro dias de treinos", afirmou Hjulmand.

O jogador pode, assim, representar a seleção dinamarquesa pela primeira vez desde a paragem cardiorrespiratória que sofreu no Euro2020, no embate entre Dinamarca e Finlândia (0-1), em que caiu desamparado no relvado, aos 43 minutos.

Na ocasião, em 12 de junho de 2021, com um cordão de jogadores a proteger as imagens do que se estava a passar, foram as equipas médicas a reverter a situação clínica do jogador, que, segundo o médico da seleção, "esteve morto" durante uns momentos.

A seleção dinamarquesa qualificou-se para o campeonato do mundo de 2022, a disputar-se no Qatar, ao vencer o Grupo F da qualificação europeia, depois de ter chegado às meias-finais do Euro2020.

Ver comentários
}