Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Covid-19 ataca no Sporting e Benfica. Leões têm arranque da Liga em risco

Clube de Alvalade confirmou três casos positivos, mas há mais um. O guarda-redes das águias Svilar também está infetado e ficou fora dos convocados de Jorge Jesus para a Grécia.
Mário Figueiredo 14 de Setembro de 2020 às 01:30
Gonçalo Inácio, com a bola nos pés, é um dos quatro jogadores infetados no Sporting
Svilar falhou a deslocação do Benfica à Grécia por ter acusado positivo à Covid-19
Gonçalo Inácio, com a bola nos pés, é um dos quatro jogadores infetados no Sporting
Svilar falhou a deslocação do Benfica à Grécia por ter acusado positivo à Covid-19
Gonçalo Inácio, com a bola nos pés, é um dos quatro jogadores infetados no Sporting
Svilar falhou a deslocação do Benfica à Grécia por ter acusado positivo à Covid-19

O Sporting confirmou este domingo três casos positivos à Covid-19 no plantel, mas o CM sabe que há mais um infetado e dois testes inconclusivos . A situação conduziu ao adiamento do jogo com o Nápoles, do Troféu Cinco Violinos. No mesmo dia, o guarda-redes do Benfica, Svilar, também ficou a saber que está contaminado, pelo que não viajou para a Grécia, onde as águias defrontam amanhã o PAOK na primeira mão do play-off da Champions. Nos cinco casos, os jogadores apresentavam-se “assintomáticos” e ficaram em “isolamento”.

Além dos três atletas confirmados pelo Sporting, este domingo foram ainda detetados na ronda de testes mais um positivo, Gonçalo Inácio, segundo apurou o CM, e dois inconclusivos. Os leões não divulgaram os nomes dos três futebolistas que dizem estar infetados, como revelaram os testes realizados no sábado. Nuno Santos, Pedro Gonçalves, conhecido como ‘Pote’, e Rodrigo Fernandes serão os atletas que testaram positivo.

“A partida [com o Nápoles para o Troféu Cinco Violinos] foi cancelada por indicação da DGS por não estarem reunidas as condições necessárias para a realização do jogo”, lê-se no comunicado divulgado pelos leões, que acrescenta ainda: “As Autoridades de Saúde dos níveis nacional, regional e local tomaram esta decisão na sequência da avaliação de risco, face a resultado obtido em teste de pesquisa de SARS-CoV-2”.

Esta situação vai ainda comprometer a estreia dos leões na Liga, que está agendada para sábado com o Gil Vicente. Cenário pior é o que se vive em Barcelos. O número de infetados é muito superior (ver peça ao lado, na pág. 11).

Os jogadores que acusam Covid-19 ficam em quarentena durante 14 dias e falham o primeiro jogo da Liga e, no caso dos leões, a terceira pré-eliminatória da Liga Europa.

Gattuso aborrecido com cancelamento
Gennaro Gattuso, treinador do Nápoles, ficou, segundo a imprensa italiana, “muito aborrecido” com o cancelamento do jogo de preparação com o Sporting. O técnico entendia que os leões seriam o principal teste da pré-temporada, por tratar-se da equipa mais difícil que iria defrontar.

Gil regista 15 casos positivos
O Gil Vicente, adversário do Sporting no sábado (18h30), na primeira jornada do campeonato, revelou este domingo que tem dez futebolistas e cinco elementos da estrutura com Covid-19. Esta é a situação mais grave dos clubes da Liga até ao momento.

Os minhotos realizaram testes de despistagem no sábado e conheceram os resultados este domingo, levando o delegado de saúde local a decretar quarentena obrigatória para todo o plantel e para os membros da estrutura, apesar de os 15 infetados se encontrarem assintomáticos.

O Gil Vicente, que tinha suspendido todas as atividades agendadas para o fim de semana, em virtude dos quatro casos confirmados na sexta-feira, aguarda pela marcação de novos exames, quando faltam seis dias para a estreia na época 2020/21. Os gilistas têm 17 atletas disponíveis.

Um jogador do Moreirense, da I Liga, e outro do Leixões (Encada), do escalão secundário, também foram diagnosticados com o vírus e estão e a cumprir isolamento doméstico.

O aumento de casos no futebol profissional, que já levou ao adiamento de três jogos (Feirense-D. Chaves, Ac. Viseu-Académica, da II Liga, e o particular entre o Sporting e o Nápoles) tem obrigado a Liga a desdobrar-se em reuniões. Hoje, uma comitiva do organismo dos clubes vai ser recebida pelo secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales. O objetivo de Pedro Proença é que o Governo pressione a DGS a definir uma regra comum para todo o País para que a realização dos jogos não seja colocada em causa.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários