Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

CR7 volta a Itália em avião especial

Craque foi obrigado a assinar termo de responsabilidade. Ministra da Saúde diz que teve o mesmo tratamento que outros pacientes.
Miguel Curado e Rute Lourenço 15 de Outubro de 2020 às 09:25
O interior do avião-ambulância em que Ronaldo foi transportado
Craque transportado de ambulância para Turim
Ambulância aérea custa 21 600 euros
CR7, esta quarta-feira, já na sua casa em Turim
O interior do avião-ambulância em que Ronaldo foi transportado
Craque transportado de ambulância para Turim
Ambulância aérea custa 21 600 euros
CR7, esta quarta-feira, já na sua casa em Turim
O interior do avião-ambulância em que Ronaldo foi transportado
Craque transportado de ambulância para Turim
Ambulância aérea custa 21 600 euros
CR7, esta quarta-feira, já na sua casa em Turim
Bem-disposto, pelo seu próprio pé e de máscara de proteção, Cristiano Ronaldo entrou esta quara-feira na ambulância aérea que o levou, desde o Aeródromo de Tires, até Turim, em Itália, onde vai cumprir o período de isolamento, depois de ter testado positivo à Covid-19.

No trajeto da Cidade do Futebol, em Oeiras, até Tires, CR7 seguiu de ambulância, acompanhado por duas bombeiras da corporação de voluntários do Dafundo, vestidas com equipamentos de proteção individual. No final do percurso, fez questão de lhes agradecer o profissionalismo demonstrado.

No aeródromo, esperava-o uma ambulância aérea com uma cápsula especial para transportar doentes de Covid-19 e um médico, capaz de proceder a uma reanimação, no caso de um cenário grave. Antes de embarcar no jato – que custa 21 600 euros – CR7 teve, porém, de assinar um termo de responsabilidade, conforme revelou a Ministra da Saúde, numa conferência de imprensa em que esclareceu que o futebolista “foi tratado exatamente como outra pessoa”. À Direção-Geral da Saúde coube informar as entidades competentes em Itália, que irão acompanhar a evolução clínica do jogador, que esta quarta-feira à tarde chegou a Turim, tendo sido transportado de ambulância para casa, onde vai permanecer até testar negativo, segundo informou a Juventus em comunicado. Em Turim, Ronaldo tem todas as condições para cumprir um isolamento seguro. Com duas moradias, interligadas, o craque pode, assim, estar perto da namorada e dos filhos, mantendo-os em segurança, se se confirmar que a família está livre do vírus. Na mansão italiana, CR7, de 35 anos, tem ginásio, spa, e duas piscinas, entre outros luxos.

pormenores
Acordado pelos médicos
Na última terça-feira, CR7 foi acordado pelos médicos da Seleção com a notícia de que tinha contraído o vírus.

Carga viral baixa
Cristiano Ronaldo apresenta uma carga viral baixa. Mantém-se sem qualquer tipo de sintomas da doença.

Jantar sem distância
Na véspera do teste positivo, CR7 jantou com o plantel da Seleção. Jogadores não cumpriram distâncias de segurança.

Sergio Ramos
O jogador espanhol Sergio Ramos, que esteve com CR7 sem máscara, está preocupado.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários