Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Cristiano Ronaldo está feliz em Itália e desafia Messi a vir também

Jogador português revela em entrevista as apostas que faz no balneário e fala do Real Madrid.
10 de Dezembro de 2018 às 11:11
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo volta a marcar com a camisola da Juventus
Cristiano Ronaldo e Massimiliano Allegri
 Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo volta a marcar com a camisola da Juventus
Cristiano Ronaldo e Massimiliano Allegri
 Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo volta a marcar com a camisola da Juventus
Cristiano Ronaldo e Massimiliano Allegri
 Cristiano Ronaldo

Os jornais italianos divulgam esta segunda-feira uma entrevista a Cristiano Ronaldo, em que este faz um balanço muito positivo dos primeiros meses na Juventus, os sites do Gazetta dello Sport, Tuttosport e Corriere dello Sport revelam a conversa com CR7 em que este falou do balneário dos italianos, do Real Madrid e até de Leonel Messi, a quem o português lança um desafio.

Perguntado se Messi sente falta de Ronaldo, o craque português responde assim: "Não, talvez eu sinta falta dele… Já joguei em Inglaterra, Espanha, Itália, Portugal, na Seleção, enquanto ele ainda está em Espanha. Talvez ele precise de mim. Para mim, a vida é um desafio, gosto de fazer as pessoas felizes. Gostaria que ele viesse para Itália um dia. Que fizesse como eu e aceitasse o desafio. Mas, de ele é feliz onde está, eu respeito".

Ronaldo garante que a decisão de trocar Madrid por Turim foi a mais ajustada. "Estou muito feliz de estar aqui. Está cidade é muito bonita, muito ‘cool’. Obviamente é muito diferente de Madrid, mais pequena, mas eu gosto assim. Os fãs são fantásticos, a organização é de topo, os jogadores são muito bons, humildes e trabalhando no limite"

Farpas ao Real Madrid
Instada a comparar as diferenças no balneário, CR7 deixa uma farpa aos colchoneros: "Aqui nós somos uma equipa, noutros lugares alguém se sente maior do que os outros, mas aqui estão todos na mesma linha. Eles são humildes e querem ganhar. Se Dybala ou Mandzukic não marcam, vêmo-los felizes, sorrindo. Para mim é muito bom, percebo a diferença. Embora em Madrid sejam humildes, aqui sinto que são mais. É muito diferente de Madrid, é mais uma família. "

Desafio de ganhar a Champions
O melhor marcador da Juventus revela as apostas que faz no balneário, garantindo que ganha quase sempre. "Aqui somos uma família. Com Dybala, Mandzukic e Khedira fazemos grandes apostas nos treinos. E 99% das vezes ganho eu. Já tenho várias garrafas de vinho, estou a montar uma adega no balneário…"

O jogador repete o que disse quando chegou à ‘Juve’ sobre as aspirações da equipa a vencer a Champions: "Não deve ser uma obsessão, mas um sonho a realizar".

Mentalidade diferente
As diferenças entre o futebol italiano e o espanhol foram também assunto de conversa. "A aproximação ao jogo em Itália é muito diferente. Aqui as equipas são muito mais defensivas, preferem defender a atacar. A organização do clube também é diferente, assim como a mentalidade. Em Espanha são um pouco mais relaxados, aqui há mais concentração e trabalha-se mais duramente. Mas há jogadores de qualidade em todo o lado, na Serie A, na Premiere League ou na Liga. Para mim, é bom ter jogado em vários campeonatos, significa ter passado por experiências em contextos diferentes".

E sobre a hipótese de defrontar o Real Madrid para a Champions já esta época, Ronaldo diz-se preparado para dar tudo. "O passado é o passado. Não me esqueço de quando comecei a jogar, não esqueço o Manchester, não esqueço o Real. Mas agora defendo as cores da Juventus e o resto não conta. Penso sempre em vencer".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)