Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Críticas a árbitros punidas com descida

Palavras dirigidas aos juízes com o objetivo de os coagir castigadas com mão pesada.
Mário Figueiredo 3 de Abril de 2015 às 18:12
Críticas a árbitros aumentam nos jogos da Liga numa altura em que se entra na fase de decisões
Críticas a árbitros aumentam nos jogos da Liga numa altura em que se entra na fase de decisões FOTO: Manuel Azevedo

As declarações dos técnicos e agentes desportivos contra árbitros podem levar à perda de pontos e até à descida de divisão caso os juízes se sintam coagidos. Esta é uma medida que está prevista no Regulamento Disciplinar da Liga.

Com o campeonato nacional a entrar na fase de decisões, com as lutas pelo título, lugares europeus e ainda pela permanência ao rubro, tem aumentado a contestação às equipas de arbitragem.

O Regulamento Disciplinar dita que basta que um árbitro comunique ao presidente do Conselho de Arbitragem, Vítor Pereira, que se sentiu coagido por determinadas declarações de dirigentes ou técnicos, ou que se recuse a dirigir jogos de alguns clubes por conta dessas palavras, para que a equipa em causa seja punida.

O artigo 66, sobre coação, refere que os clubes que exerçam "violências física ou moral" na equipa de arbitragem com o intuito de ocasionar "condições anormais na direção do encontro com influência no resultado" são punidos com base no nº 1 do artigo 62: "descida de divisão". O nº 2 do mesmo artigo refere que o "ilícito de forma tentada" é castigado com a perda de cinco a oito pontos". 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)