Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

David Nakhid recorre ao TAS

Para poder ser candidato à presidência da FIFA.
13 de Novembro de 2015 às 15:28
A candidatura foi invalidada pelo facto de Nakhid ter apresentado apenas quatro subscritores válidos da sua candidatura
A candidatura foi invalidada pelo facto de Nakhid ter apresentado apenas quatro subscritores válidos da sua candidatura FOTO: Getty Images

O antigo futebolista de Trinidad e Tobago David Nakhid interpôs esta sexta-feira um recurso no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) para impugnar a decisão da FIFA de o desqualificar como candidato a presidente.


"Acredito que uma revisão adequada e imparcial pelo TAS vai revelar que o meu cliente é um candidato sério e qualificado, que foi tratado injustamente", disse o seu advogado, Jalal El-Mir, que acompanhou Nakhid, de 51 anos, a Lausana, sede do TAS.


A candidatura foi invalidada pelo facto de Nakhid ter apresentado apenas quatro subscritores válidos da sua candidatura, quando as regras da FIFA exigem cinco entre os seus 209 membros, uma vez foi entendido que uma das federações subscreveu Nakhid e outro candidato, pelo que não foi contabilizada.


O causídico manifestou o desejo de que o seu cliente seja "ouvido rapidamente, dado o limite temporal para esta campanha [eleitoral] especial".


O TAS deve anunciar a sua decisão em algumas semanas, já que as eleições da FIFA estão agendadas para 26 de fevereiro.

Trinidad Tobago David Nakhid Tribunal Arbitral do Desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)