Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Dérbi feminino entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências e dá 38 mil euros a Moçambique

Entre os mais de 15.000 adeptos, marcaram presença Marcelo Rebelo de Sousa e Luís Filipe Vieira.
31 de Março de 2019 às 09:27
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
Dérbi entre Benfica e Sporting bate recorde de assistências no feminino e dá 38 mil euros a Moçambique
O primeiro encontro de sempre entre Benfica e Sporting bateu este sábado o recorde de assistências num estádio de futebol em Portugal na vertente feminina e resultou numa receita no valor de 38.000 euros só ao nível de bilhética.

Com cada ingresso a custar dois euros e cinquenta cêntimos, as pessoas corresponderam em massa e mostram-se solidárias com as vítimas da tragédia do ciclone Adai, que atingiu a região centro de Moçambique, o Maláui e o Zimbabué em 14 de março.

Num dia em que o menos importante foi o resultado, - o Sporting venceu o Benfica por 1-0-, a partida entre 'rivais' a disputar campeonatos distintos, uma vez que as 'encarnadas' competem na segunda divisão no ano de estreia, foi de festa, de solidariedade e também de recordes.

Os primeiros adeptos afetos as 'águias' e 'leoas', entre eles muitas crianças, começaram a entrar no Estádio do Restelo, em Lisboa, pelas 14h40, com a primeira ovação a acontecer durante a subida ao relvado das jogadoras do Sporting e, posteriormente, do Benfica, para os exercícios de aquecimento.

Já com as bancadas bem compostas, cedo ficou percetível que o número (12.213) recorde de espetadores registado num jogo de futebol feminino em Portugal, na altura em 2017, na final da Taça de Portugal, entre Sporting e Sporting de Braga, iria ser superado.

Muitos adeptos, misturados nas bancadas, entraram já depois de cumprido o minuto de silêncio em homenagem às vítimas do desastre natural, que, segundo as autoridades moçambicanas, subiu hoje para 501 o número de mortos. Os feridos mantiveram-se em 1.523, porém o total de pessoas afetadas ascendeu aos 843.723.

Para além das receitas de bilheteira irem na totalidade para Moçambique, o 'speaker' do Estádio anunciou durante o intervalo que os patrocinadores de Benfica e de Sporting doaram dois cheques à Cruz Vermelha Portuguesa, cada um no valor de 5.000 euros, antes de revelar que estiveram presentes no encontro 15.204 espetadores.

Entre os mais de 15.000 adeptos, marcaram presença o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, a Ministra da Saúde, Marta Temido, o Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo e o embaixador de Moçambique.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)